PANDEMIA

Reeleito, prefeito Lupércio responde sobre possibilidade de haver Carnaval de Olinda 2021

Lupércio foi reeleito com 123,5 mil votos, o que representou 63,62% dos votos válidos. Sobre a realização da festa, ele responde que a "vida está em primeiro lugar"

JC
JC
Publicado em 16/11/2020 às 8:24
Notícia

JC IMAGEM
Maior carnaval de rua do mundo pode não ser realizado devido a pandemia da covid-19 - FOTO: JC IMAGEM
Leitura:

Na manhã após sua reeleição em primeiro turno, o prefeito de Olinda, Professor Lupércio (Solidariedade) não descartou, nesta segunda-feira (16), a possibilidade de haver Carnaval em 2021 na cidade que carrega o título de ter a maior festa de momo de rua do mundo, em meio a pandemia da covid-19, mas afirmou que esperará definições do Ministério da Saúde e das secretarias de Saúde, e que a "vida está em primeiro lugar".

"Sabemos que o Carnaval é importante, é um trabalho que rende e gera emprego de forma direta e indireta, a economia circula na cidade, que é muito mais divulgada. Nesse ano, tivemos mais de 4 milhões de pessoas circulando no Sítio Histórico, também fizemos um carnaval descentralizado. Porém a gente sabe, e temos que ter muita responsabilidade, que a gente vai aguardar todo o desenrolar do governo federal no tocante à cultura, do ministério da Saúde e das secretarias do governo do estado e do município, para que, se tiver o carnaval, fazê-lo com muito cuidado, porém, a vida está em primeiro lugar", afirma à TV Globo.

» Confira o resultado da Eleição 2020 em todas as cidades de Pernambuco

» Eleições 2020: confira os vereadores eleitos em Olinda

Lupércio foi reeleito com 123,5 mil votos, o que representou 63,62% dos votos válidos. O prefeito foi reeleito numa frente formada por 11 partidos com 260 candidatos a vereador. Os partidos que participaram do grupo foram: PSD, Cidadania, PL, Podemos, PSC, Repúblicanos, DEM, PSDB, PMB e Patriota.

Durante a entrevista, ele agradeceu à população de Olinda pelo resultado. "Sabemos que temos muito o que fazer pela cidade de Olinda, mas não poderia primeiramente, sem nenhum tipo de religiosidade, não agradecer a Deus e a todo o povo da cidade de Olinda, e ao mesmo tempo externar da nossa gratidão. Sabemos que são poucos gestores que têm condições de andar nas ruas, e aqui em Olinda a gente goza dessa liberdade da orla à periferia", diz, e completa: "muitas vezes quando um gestor se reelege, acaba caindo no comodismo, no marasmo, mas aqui em Olinda vamos trabalhar muito mais do que no primeiro mandato".

Logo depois de sair o resultado, na primeira entrevista à Rádio Jornal, o candidato anunciou investimentos de mais de R$ 100 milhões, em obras como a macrodrenagem e pavimentação de Sapucaia-Aguazinho que custará R$ 70 milhões e será bancado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da União; R$ 30 milhões a serem empregados em obras nos morros e encostas, além de concluir a Avenida Presidente Kennedy - uma das mais complicadas da cidade - e requalificar a Avenida Getúlio Vargas e a Beira Mar.

"Já temos como meta a conclusão da obra da Presidente Kennedy, uma obra arrojada, que tem começo, meio e fim. Vamos criar uma diretoria exclusiva para acompanhar a Compesa, passo a passo. Vamos investir, sim, no saneamento. A obra da Presidente Kennedy, mesmo, é um trabalho fortíssimo que a gente vem fazer no saneamento. Vamos fazer uma obra em Sapucaia-Aguazinho, um investimento de R$ 70 milhões, que vai mexer com aquela população, de urbanização. Estamos fazendo um trabalho na Leopoldina Canuto, que liga Caixa D'Água até a Mata de Passarinho, estamos investindo ali em saneamento. Vamos investir, também, R$ 30 milhões nas nossas encostas, nos morros da cidade", garante Lupércio.

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias