ESPAÇOS

PP sai confiante de reunião com Paulo Câmara

Após externar insatisfação com o espaço ocupado na Prefeitura do Recife, Eduardo da Fonte e o prefeito João Campos devem se encontrar nesta quarta-feira (13) durante visita de Arthur Lira ao governador Paulo Câmara

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 12/01/2021 às 20:55
Notícia

Foto: divulgação/Câmara dos Deputaods
No Estado, o PP estaria interessado na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, ocupada pelo PT - FOTO: Foto: divulgação/Câmara dos Deputaods
Leitura:

A reunião entre o governador Paulo Câmara (PSB) e o presidente estadual do PP, o deputado Eduardo da Fonte, foi considerada por progressistas como “tranquila e proveitosa”. O encontro, realizado nesta terça-feira (12), no Palácio do Campo das Princesas também contou com a presença do presidente do PP no Recife, Lula da Fonte, e do secretário da Casa Civil, José Neto. Apesar de não terem batido o martelo sobre a questão da ampliação de espaços nas gestões estadual e municipal, tudo indica que a ameaça de entregar os cargos na Prefeitura do Recife está descartada.

>>Eduardo da Fonte se diz insatisfeito com espaço do PP no governo João Campos

>>Candidato a presidente da Câmara, Arthur Lira se encontra com Paulo Câmara, João Campos e bancada federal pernambucana

>>Sob pressão por cargos, Paulo recebe Eduardo da Fonte para reunião

Nesta quarta-feira (13), Eduardo da Fonte acompanhará o candidato à presidência da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), em sua segunda passagem no Estado. O parlamentar alagoano tomará café da manhã com o governador, no Palácio, e com o prefeito do Recife, João Campos (PSB). Entre os assuntos a serem tratados, deve ser sublinhada a ampliação dos espaços do PP no Executivo municipal.

“A reunião foi muito boa, o governador foi bem receptivo. Acredito que há boas expectativas sobre esse assunto e tudo será resolvido”, afirmou o líder do PP na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Clóvis Paiva, que mais cedo esteve em uma agenda com o governador. O parlamentar acompanhou o prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Keko do Armazém (PL) para tratar de demandas do município

Essa primeira conversa com Paulo Câmara, após a insatisfação do dirigente estadual vir a público, teve como objetivo “aparar possíveis arestas e acirramentos”. No entanto, o governador pretende conversar com lideranças de outros partidos ainda nesta semana, para então definir quais ajustes serão feitos na administração estadual. O PP está de olho na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, no entanto, a entrega do cargos do PT ainda está em discussão. Hoje, a pasta é chefiada por Dilson Peixoto. 

O presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte, foi procurado pela reportagem para tratar do tema, mas não respondeu às tentativas de contato. O Palácio do Campo das Princesas também não se pronunciará sobre o encontro.

ESTRUTURA

A estrutura que a legenda possui hoje seria incompatível, segundo os progressistas, com o que tem sido proposto pelo PSB. No primeiro escalão do estado, o PP tem na sua cota a secretaria de Políticas de Prevenção às Drogas, com Clóvis Benevides. O partido consolidou o seu poder em Pernambuco com o resultado das eleições municipais. Foi o terceiro com o maior número de prefeitos eleitos, 17, atrás do PSB (53) e MDB (23).

A prefeitura do Recife, a indicação do PP foi pelo nome de Maria Eduarda Médicis para ser titular da Secretaria de Habitação. No âmbito legislativo, a sigla ocupa a presidência da Alepe, com o deputado Eriberto Medeiros, e tem uma bancada com 11 parlamentares. Na Câmara Municipal de Vereadores, conseguiu eleger quatro candidatos, sendo a segunda maior bancada da Casa, além de ocupar a 1º secretaria com o vereador Eriberto Rafael, que na legislatura anterior foi líder do governo de Geraldo Julio (PSB).

Comentários

Últimas notícias