Pré-candidato ao governo

'Temos um alinhamento de pensamentos', diz Miguel Coelho sobre o governo Bolsonaro

O prefeito de Petrolina participou, nesta segunda-feira (14), da inauguração de um viaduto com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 14/06/2021 às 16:01
Notícia
JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA
INAUGURAÇÃO Clã Coelho recebeu o ministro Tarcísio Freitas em inauguração de viaduto em Petrolina - FOTO: JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA
Leitura:

Já faz algum tempo que o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), não esconde de ninguém que nutre o desejo de disputar o Governo de Pernambuco em 2022. O gestor, porém, tem encontrado resistência dentro do próprio partido para liderar esse projeto, sobretudo entre o grupo do senador Jarbas Vasconcelos e do deputado federal Raul Henry, este último presidente do MDB-PE.

Uma das razões para para essa resistência seria o fato de o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), pai de Miguel, ocupar o posto de líder do governo Bolsonaro na Casa Alta, enquanto Jarbas e Raul fazem dura oposição ao presidente da República e temem que a imagem do partido em Pernambuco seja atrelada ao militar da reserva. Na última semana, Miguel Coelho chegou a afirmar que ainda é cedo para escolher quem será seu candidato ao Palácio do Planalto, mas nesta segunda-feira (14), durante a entrega de um viaduto em Petrolina ao lado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, os Coelho, por mais de uma vez, demonstraram expressiva proximidade com o chefe do Executivo nacional.

"Nós estamos conseguindo alavancar esse momento de crescimento de Petrolina porque temos não apenas um alinhamento com o governo federal, mas porque temos um alinhamento de pensamentos e porque, independente do momento político, independente da ideologia partidária, nós temos um compromisso com o Brasil. As pessoas que votaram no presidente Bolsonaro e votaram em nós no ano passado para continuar liderando a cidade e o futuro de Petrolina não querem desculpas, querem resultados que possam mudar a sua qualidade de vida", declarou Miguel durante solenidade de entrega do equipamento.

>> Pré-candidato a governador, Miguel Coelho aposta em desidratar o PSB para eleição de 2022

>> 'Não podemos continuar vendo o Estado andando para trás e ficar de braços cruzados', diz Miguel Coelho após encontro com Raul Henry

>> "A oposição pode ter mais de uma candidatura, mas não pode brigar entre si", diz Armando sobre 2022

>> Miguel Coelho recebe Eduardo Bolsonaro em Petrolina

>> Possíveis apostas da oposição para 2022 em Pernambuco, Raquel Lyra e Anderson Ferreira se encontram em Caruaru

Uma das vozes mais ativas na oposição ao PSB em Pernambuco, o prefeito sertanejo também criticou, sem citar nomes, algumas lideranças políticas que, segundo ele, não estariam reconhecendo os esforços do governo federal em ampliar os índices de vacinação no País. "Eu sei que Pernambuco poderia estar andando mais rápido, o problema é que está faltando liderança, estão faltando projetos para o nosso Estado, está faltando pulso e, principalmente, parceria. Tem muita gente por aí postando foto de esforço de vacina pra cá, de vacina pra lá, mas, se não fosse o governo federal, não haveria uma vacina no Brasil", pontuou, frisando que o imunizante é o único meio disponível para controle da pandemia.

Ainda sobre este tema, Miguel ressaltou o que considera um "esforço hercúleo" do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e do presidente Bolsonaro "para garantir o maior volume de vacinas no menor tempo possível" e defendeu que não devemos "nos ater às narrativas pequenas ou nas falhas eventuais". "Todos nós somos humanos e podemos deslizar em algum momento. Vamos olhar o grande momento pelo qual o Brasil está passando. O mundo parou no ano passado e no Brasil não foi diferente. Mas o mundo está engatinhando e este ano o Brasil vai decolar, do ponto de vista do crescimento econômico", declarou o gestor.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Miguel Coelho (@miguelcoelhope)

Nos últimos meses, Miguel tem conversado com políticos de vários espectros políticos para tentar angariar apoios para a sua possível candidatura, inclusive com bolsonaristas. O prefeito já teve reuniões, por exemplo, com o ministro do Turismo, Gilson Machado, com o Coronel Meira (PTB) e até recebeu o filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, em Petrolina no mês de maio.

O VIADUTO

O equipamento inaugurado hoje pelo prefeito Miguel Coelho junto com o ministro Tarcísio Freitas fica na Avenida Sete de Setembro e faz parte de um projeto feito pelo governo federal em parceria com a gestão de Petrolina que visa facilitar a mobilidade para diversos bairros da cidade. De acordo com a prefeitura, o viaduto "tem 600 metros de extensão e 7,5 metros de altura, conectando os bairros da Areia Branca e do José e Maria. Além desse, outro viaduto está em fase final de construção, na entrada do bairro Antônio Cassimiro. Com isso, todo o projeto, que também incluiu a duplicação e iluminação em LED da avenida, será finalizado". A iniciativa está orçada em R$ 25 milhões.

JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA
Viaduto inaugurado em Petrolina nesta segunda-feira (14) deve levar o nome de Marco Maciel, ex-vice-presidente pernambucano que faleceu no último sábado (12) - JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA

Além de Miguel e Tarcício, participaram do ato de entrega o senador Fernando Bezerra Coelho, o deputado federal Fernando Filho (DEM) e o deputado estadual Antônio Coelho (DEM), além de lideranças políticas locais. "No final do ano, queremos voltar para inaugurar em Petrolina a duplicação da BR-428. Fizemos a concessão do aeroporto; e a ferrovia Transnordestina é uma realidade. Estamos transformando a logística. O interior do Nordeste merece a mesma logística que o Sul e o Sudeste, não pode ficar para trás. E é isso que o governo do presidente Bolsonaro está fazendo diuturnamente, de mangas arregaçadas", afirmou o ministro Tarcísio.

"Todos vocês que acompanham a mídia, as redes sociais, jornais, televisão, podem dar um testemunho do trabalho do ministro Tarcísio e de toda a sua equipe. Se tem uma área aonde o governo Bolsonaro excede as expectativas, é na área da infraestrutura. Com muitas obras, com muitas entregas, com muitas quebras de paradigmas, do ponto de vista das muitas concessões rodoviárias, aeroportuárias, na área portuária, o Brasil nunca viu tanto investimento na área ferroviária", disse FBC, em agradecimento ao auxiliar de Bolsonaro.

MARCO MACIEL

Na ocasião, Fernando Filho também anunciou que vai apresentar um projeto de lei na Câmara dos Deputados para que o viaduto inaugurado hoje em Petrolina tenha o nome do ex-vice-presidente Marco Maciel, que faleceu aos 80 anos no último sábado (12).

"Petrolina recebe mais dois viadutos, e a gente vai ter a alegria de dar a esse viaduto que inauguramos hoje o nome de Marco Maciel e ao segundo o nome do ex-prefeito Luiz Viana. Apresentei projeto na Câmara dos Deputados já que é uma obra federal, rendendo, assim, duas grandes homenagens. Marco Maciel, apesar de não ser de Petrolina, foi um grande brasileiro, um grande pernambucano, e foi votado aqui em Petrolina como deputado federal por diversas vezes", afirmou o parlamentar.

JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA
Viaduto inaugurado em Petrolina nesta segunda-feira (14) deve levar o nome de Marco Maciel, ex-vice-presidente pernambucano que faleceu no último sábado (12) - FOTO:JONAS SANTOS/PREFEITURA DE PETROLINA

Comentários

Últimas notícias