Eleições 2022

'Não podemos continuar vendo o Estado andando para trás e ficar de braços cruzados', diz Miguel Coelho após encontro com Raul Henry

Miguel e o seu pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, fazem oposição ao governo Paulo Câmara (PSB), apesar de o MDB integrar oficialmente a base de apoio do socialista

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 31/05/2021 às 19:40
Notícia
DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE PETROLINA
PRAZO Henry atendeu pedido de Jarbas para dar resposta rápida a Miguel, evitando prejudicá-lo ainda mais - FOTO: DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE PETROLINA
Leitura:

Pré-candidato ao governo de Pernambuco pelo MDB, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, se reuniu nesta segunda-feira (31) com o presidente estadual da sigla, deputado federal Raul Henry, para tratar sobre as eleições de 2022 no Estado. Miguel e o seu pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, fazem oposição ao governo Paulo Câmara (PSB), apesar de o MDB integrar oficialmente a base de apoio do socialista. Hoje, os Coelho tentam levar o MDB para a oposição, lançando uma candidatura de Miguel para o Palácio do Campo das Princesas no ano que vem.

O encontro entre os emedebistas ocorreu no Recife, e se dá em um momento de perda de espaço do MDB no governo estadual. Neste mês de maio, o então titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto, cota do MDB na gestão, foi remanejado para a Secretaria Executiva de Parcerias Estratégicas da Secretaria de Planejamento e Gestão. Em seu lugar, assumiu o advogado Tomé Barros Monteiro de Franca, indicado pelo deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos).

>> 'Ele falou que tem o projeto de disputar a eleição majoritária em 2022', diz Raul Henry sobre reunião com Miguel Coelho

>> Sem definição sobre a saída do MDB da base do PSB, Miguel Coelho e Raul Henry se reúnem no Recife

>> Em Pernambuco, grupo de oposição ainda não tem estratégia para enfrentar o PSB nas urnas em 2022

>> No Recife, Miguel Coelho retoma a costura de alianças para sua possível candidatura ao Governo de Pernambuco

>> Miguel Coelho recebe Eduardo Bolsonaro em Petrolina

Segundo a equipe de Miguel, no encontro o prefeito pontuou a importância da unidade das lideranças do MDB e de outros grupos para o debate sobre a recuperação da economia de Pernambuco, e das ações que devem ser empregadas durante e após a pandemia.

"Estamos conversando sobre como Pernambuco deve sair dessa situação de crise em diversas frentes. O Estado que mais tem desemprego, o Estado sem investimento público, sem acesso à água e sem um plano para superar tudo isso. Mas, agora, a prioridade é cuidar de conter o crescimento dessa nova onda de casos de covid-19. Por isso, seguiremos conversando com as lideranças, mas com o foco em vacinar a população e cuidar das vidas, como tem sido em Petrolina, a cidade que mais salvou vidas durante a pandemia e tem um ritmo avançado de vacinação", detalhou o gestor.

Há cerca de dois meses, Miguel Coelho tem se reunido com lideranças de várias partes do Estado para tentar viabilizar a sua candidatura. Dentro do grupo político do qual faz parte, além dele, dois outros nomes são cotados para disputar o Governo de Pernambuco: a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), e o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL).

"Não podemos continuar vendo o Estado andando para trás e ficar de braços cruzados. A população cobra uma reação da classe política e temos obrigação de apontar caminhos. Tenho insistido em conversar com outros prefeitos, deputados, vereadores, lideranças de vários segmentos para juntos sairmos desse momento duro. Creio que isso é fundamental e o MDB historicamente tem papel decisivo na condução de Pernambuco e do Brasil em momentos de superação", cravou Miguel, através de nota.

O deputado federal Raul Henry foi procurado para comentar o encontro, mas a sua assessoria de imprensa não retornou à tentativa de contato até a publicação deste texto.

Comentários

Últimas notícias