VISITA PRESIDENCIAL

Bolsonaro vai de motociata a encontro com empresário em dois dias em Pernambuco

Após semanas marcadas pela passagem de três outros potenciais adversários por Pernambuco (Lula, PT; Eduardo Leite e João Doria, ambos do PSDB), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desembarca no Estado nesta sexta-feira (3)

JC
JC
Publicado em 02/09/2021 às 23:46
Notícia
ALAN SANTOS/PR
Presidente chega ao Recife na tarde desta sexta (3) - FOTO: ALAN SANTOS/PR
Leitura:

Após semanas marcadas pela passagem de três outros potenciais adversários por Pernambuco (Lula, PT; Eduardo Leite e João Doria, ambos do PSDB), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desembarca no Estado nesta sexta-feira (3) com o desafio de mostrar força no Nordeste, um dos territórios mais adversos para ele na corrida em busca da reeleição, em 2022. A passagem por Pernambuco também será estratégia porque ocorre às vésperas das manifestações convocadas por Bolsonaro para o dia 7 de setembro, quando o presidente pretende mostrar força política após queda nas pesquisas eleitorais e vários flancos de crises com o Judiciário e o Legislativo.

Esta será a segunda passagem de Bolsonaro por Pernambuco neste ano. Em fevereiro ele participou da solenidade de acionamento das comportas do Ramal do Agreste, em Sertânia, no Sertão. Agora, o presidente terá compromissos no Recife e no Agreste de Pernambuco.

Nesta sexta (2), ele chega à Base Aérea do Recife por volta das 13h45. Apoiadores e políticos conservadores estão se mobilizando para encontrar o presidente na saída da base aérea, no que será o principal evento político na Capital. Pouco depois, às 14h30, a primeira dama Michelle Bolsonaro deve visitar uma ação social com a apresentação da Orquestra Criança Cidadã, no 7° Depósito de Suprimentos do Exército, no Cabanga. Os ministros Gilson Machado Neto (Turismo), João Roma (Cidadania) e Carlos Alberto França (Relações Exteriores) também devem marcar presença na agenda.

Reunião com empresários

Ainda durante a tarde, às 15h30, o presidente terá uma reunião com empresários no Mar Hotel Recife. Os convidados e a pauta do encontro não foram divulgados pelo Palácio do Planalto, mas entidades afirmam que preparam documentos com demandas do Estado para o presidente.

Segundo empresários ouvidos pelo JC, o objetivo do encontro é ampliar a interlocução com o grupo, além de discutir sobre as reformas econômicas propostas pelo governo federal, como a administrativa e, principalmente, a tributária, que foi fatiada para tramitar no Congresso. A agenda com empreendedores locais, somada à realização de motociatas, tem sido a práxis das incursões de Bolsonaro pelo país.

Uma das organizações empresariais que devem marcar presença no encontro é a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe). A entidade pretende entregar um documento ao chefe do Poder Executivo nacional com alguns pleitos locais, como a ferrovia Transnordestina, a Escola de Sargentos do Exército, além de outras obras de infraestrutura.

Outra entidade que já confirmou participação no evento foi a Associação de Empresários Brasileiros (AEBr). A organização chega ao encontro com a expectativa de poder apresentar ao presidente Jair Bolsonaro os problemas enfrentados pelo empresariado em Pernambuco.

O Grupo de Líderes Empresariais (Lide) de Pernambuco, o Sebrae-PE e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco (Fecomércio-PE) não participarão da reunião.

Comando Militar

À noite, Bolsonaro participa da passagem de cargo do novo comandante militar do Nordeste. O evento acontece no próprio Comando Militar do Nordeste, no Curado, às 20h. O público em geral não participará, mas autoridades como o governador Paulo Câmara (PSB) e o presidente da Alepe, Eriberto Medeiros (PP), marcarão presença na cerimônia.

Motociata 

No sábado (4), o presidente deverá ter maior contato com seus apoiadores. Ele decolará, pela manhã, em um helicóptero, para Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Na cidade, será realizada a concentração da "motociata" que o presidente vem promovendo em diferentes estados, seu maior teste de popularidade.

A concentração deve ter início às 8h e a saída está prevista para 9h. O percurso inclui passagem por Toritama e será encerrada em Caruaru, às 12h, quando o presidente encerra sua passagem pelo Estado e retornará a Brasília.

Comentários

Últimas notícias