REUNIÕES

Paulo Câmara vai à mesa com partidos para 1ª rodada de conversas sobre o candidato a governador de Pernambuco pelo PSB

O presidente estadual do PSD, André de Paula, considerou a conversa "muito boa", embora não tenha sido conclusiva a respeito da escolha do PSB para sucessão estadual

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 17/01/2022 às 20:35
LUIS MACEDO/AGÊNCIA CÂMARA
O presidente estadual do PSD, André de Paula, conversou com o governador Paulo Câmara sobre a sucessão do Executivo - FOTO: LUIS MACEDO/AGÊNCIA CÂMARA
Leitura:

Atento em cumprir o prazo que estabeleceu até o fim deste mês de janeiro para divulgar quem será o candidato do PSB à sua sucessão, o governador de Paulo Câmara iniciou as primeiras conversas com os partidos que compõem a Frente Popular de Pernambuco para tratar do assunto. Nesta segunda-feira ele foi à mesa, no Palácio do Campo das Princesas, com a vice-governadora e presidente nacional do PCdoB, Luciana Santas, e o líder do partido na Câmara, o deputado federal Renildo Calheiros. O líder socialista também esteve com o presidente estadual do PSD, o deputado federal André de Paula.

“Essa primeira conversa foi muito mais para nos atualizar sobre a condução que ele está fazendo desse processo. Acho importante destacar que o governador deixou claro que deseja cumprir o prazo, que é chegar ao final do mês com uma decisão. Foi uma boa conversa, acompanhada pelo presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, mas ela não foi conclusiva, foi mais para falar sobre os avanços dos últimos entendimentos”, afirmou André, ao JC.

Entre os nomes que estão ecoando com mais forças no hall de apostas do PSB estão: o do secretário da Casa Civil, José Neto, e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio - mesmo tendo reiterado que não será candidato a governador -, além dos deputados federais Danilo Cabral e Tadeu Alencar.

Entretanto, o dirigente do PSD afirmou que esse assunto não foi colocado em questão, nesta primeira reunião oficial. “Ele não estabeleceu nada, nós vamos voltar a conversar em uma segunda rodada e acredito que já será para colocar qual é a decisão do PSB”, declarou André de Paula.

O governador também iria se reunir com o presidente estadual do MDB, o deputado federal Raul Heny, mas por motivos de saúde, o encontro precisará ser reagendado. As conversas seguem nesta terça-feira (18), com o presidente estadual do Republicanos e deputado federal, Sílvio Costa Filho, e o presidente estadual do PP e deputado federal Eduardo da Fonte - ambos, além de André, têm o nome cotado para a vaga do Senado pela Frente Popular. O deputado federal do Solidariedade, Augusto Coutinho também se reunirá nesta semana com o governador do PSB.

Comentários

Últimas notícias