TRAJETÓRIA

Fábio Assunção chega aos 50 anos após recriar a própria vida

Na carreira, ator já provou ser mais do que um tipo bonito para a TV e na vida pessoal, após quedas públicas, reergueu-se

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 10/08/2021 às 7:00
Fábio Assunção (Foto: Reprodução/Instagram)
Fábio Assunção (Foto: Reprodução/Instagram)
Leitura:

Era 1990 quando Fábio Assunção estreou na televisão, na novela "Meu Bem, Meu Mal", da TV Globo. Tinha 19 anos. Jovem, loiro e com olhos esverdeados, já aparentava ser um projeto de galã. Nas novelas seguintes, "Vamp" (1991) e "De Corpo e Alma" (1992), encarnou o tipo jovem mocinho. E em "Sonho Meu" (1993), amadurecido, consolidou-se como um galã e viveu seu primeiro protagonista.

Fábio Assunção, que completa 50 anos nesta terça-feira (10), esteve nos últimos 31 anos, quase que ininterruptamente, ao a ano, na televisão - uma exposição gigante da carreira e, claro, também da vida pessoal. E em ambas ele se refez.

Na carreira, apesar de tê-la iniciado antes de concluiu o curso de teatro, e de ter experimentado o sucesso logo cedo, Fábio Assunção não se acomodou na beleza, no carisma nem no seu physique du rôle. Foi inteligente e sensível para crescer na profissão e ser mais do que um tipo.

Transitou até pelo humor e construiu personagens tão bem tanto dentro do folhetim clássico, caso do seu vilão Renato Mendes, de "Celebridade" (2003), quanto dentro de uma supersérie com proposta experimental para a televisão - como "Onde Nascem os Fortes" com o personagem Ramiro, pelo qual foi indicado a prêmios e bem avaliado em críticas.

Vida pessoal

Foi na vida pessoal onde Fábio Assunção precisou mais se refazer. O ator viveu episódios duros e lamentáveis devido à dependência química. Por causa da doença, chegou a ser internado em clínica de reabilitação e também a protagonizar um caso de polícia, quando detido no São João de Arcoverde, no interior de Pernambuco, em 2017. À época, tornou-se motivo de escárnio público.

Já em 2019, após o elogiado trabalho em "Onde Nascem os Fortes", o ator e seu problema com dependência química novamente veio à tona com compartilhamentos de vídeos em que ele aparecia visivelmente mal.

No final de 2019, em entrevistas, Fábio Assunção falou da forma mais aberta sobre a sua dependência química. Paralelamente, empreendeu uma grande mudança ao rever hábitos e cuidar de si. Perdeu quase 30 Kg graças a exercícios e reeducação alimentar, com a ajuda de um educador físico, uma nutricionista e um endocrinologista.

A mudança na vida trouxe um novo relacionamento - com a advogada Ana Verena, com quem se casou em outubro do ano passado. E o casal frutificou, ao gerar Alana Ayo, nascida em abril deste ano. Fábio Assunção já era pai de João Assunção, de 18 anos, e Ella Felipa, de 9 anos.

Comentários

Últimas notícias