ESTREIA

Adriane Galisteu diz que comentários políticos não terão vez em "A Fazenda 13": "A gente corta"

Reality show começa no dia 14 e tem a apresentadora no seu comando pela primeira vez

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 08/09/2021 às 19:09
Notícia
Adriane Galisteu (Foto: Reprodução/Instagram)
Adriane Galisteu (Foto: Reprodução/Instagram)
Leitura:

Em entrevista ao programa "Morning Show", da Jovem Pan, nesta quarta-feira (8), Adriane Galisteu contou que em "A Fazenda 13", que estreia no dia 14, comentários sobre política serão cortados, não terão vez na edição. A apresentadora substitui Marcos Mion, que foi demitido da Record e recém-estreou na TV Globo.

"Se tiver política, a gente corta, porque se tem uma coisa que não combina com reality show é discussão política, a gente quer discussão um com o outro. A política não é entretenimento, não conta coisas divertidas, a gente não se emociona, só fica com raiva. Eu estou a fim de me divertir em cima do entretenimento", falou Adriane Galisteu, que comandará o reality show pela primeira vez.

A apresentadora, aliás, adiantou que, nesta quinta-feira (9), três participantes da edição serão revelados no perfil do programa no TikTok. Outros nomes deverão ser revelados durante o programa matinal da Record, "Hoje em Dia". Há mais de um mês que as especulações em torno dos participantes de "A Fazenda 13" ganharam força.

A lista conta com os nomes da cantora de forró Márcia Fellipe, que esteve no último "Power Couple Brasil", o reality show de casais da emissora; as funkeiras Tati Quebra Barraco e Tati Zaqui; o jogador de futebol aposentado Richarlyson Barbosa; e o influenciador digital Erasmo Viana, que se tornou mais conhecido quando casou com a influenciadora Gabriela Pugliesi. Além da pernambucana MC Loma.


Comentários

Últimas notícias