Sucesso

Quem é Khabane Lame, o homem mais popular do TikTok?

O jovem só fica abaixo de uma dançarina adolescente no ranking de seguidores da rede social

Ana Anjos
Ana Anjos
Publicado em 04/10/2021 às 14:37
Notícia
Reprodução/TikTok
Khabane Lame - FOTO: Reprodução/TikTok
Leitura:

Já imaginou ficar famoso sem dizer uma palavra? Khabane Lame (lê-se Lah-MAY) alcançou essa conquista e, atualmente, conta com 114 milhões de seguidores no TikTok, sendo o homem mais popular da plataforma. O italiano começou a fazer seus vídeos após perder o emprego em uma fábrica perto da cidade de Torino, norte do país.

O TikTok, na pandemia, começou a ser muito utilizado por usuários e criadores de conteúdo. Na rede social, as pessoas podem publicar vídeos de qualquer forma, desde as dancinhas que ficaram famosas a filmagens de comédia. E foi com esses tipos de clipes que Khabane Lame iniciou sua conta.

Até que um dia, o homem mais popular atualmente decidiu mudar seu conteúdo. Com o sucesso dos hack da vida, ou life hacks, que mostram truques para tornar a rotina e o cotidiano mais descomplicados e podem até ajudar pessoas com deficiência, o jovem de 21 anos decidiu brincar com algumas dessas artimanhas.

@khaby.lame

Life is easy, we make it hard.????????‍??????????What do you think? Give me your opinion guys??##learnfromkhaby ##imparacontiktok ##stitch

? suono originale - Khabane lame

A mudança deu tão certo que Khabane Lame está em primeiro lugar do homem mais popular da plataforma, já no geral, ele fica abaixo de Charli D'Amelio, uma dançarina adolescente da Califórnia e tem 125 milhões de seguidores. Em uma entrevista à CNN, ele contou o motivo da ideia: "Tive a ideia porque estava vendo esses vídeos circulando e gostei da ideia de trazer um pouco de simplicidade a eles. O tipo de gesto veio por acaso, mas o silêncio não. Pensei numa forma de chegar ao maior número de pessoas possível. E a melhor forma era não falar”.

Mas, ele não é apenas o mais famoso, o criador de conteúdo também é o com mais crescimento rápido no TikTok. Por dia, ele recebe uma média de quase 200 mil seguidores. "Não me importa se sou o primeiro, o segundo ou o quarto mais popular no TikTok. Comecei a fazer vídeos porque queria fazer as pessoas rirem naquele período de lockdown”, disse ele. E continuo fazendo vídeos com os mesmos ideais. Estou feliz com minhas realizações, mas essas não são minhas coisas principais", declarou sobre seu posicionamento na rede social.

Com a fama, vem novas oportunidades. E, para Lame, não foi diferente. Senegalês, ele se mudou para a Itália quando tinha apenas um ano e passou a maior parte da vida em moradias públicas. Os locais por onde passou significam bastante para o influenciados, isso porque ele relata que os protegem do racismo, já que existia pessoas de todas as etnias. Como ainda não conquistou sua cidadania italiana, pois o pedido ainda está em andamento, ele contou que é difícil viajar aos Estados Unidos para eventos.

Apesar de não visitar os locais das festividades, o rapaz tem a oportunidade de parcerias com negócios internacionais, como a Netflix, Barilla e Dream11. Isso porque tem 47 milhões de seguidores no Instagram. Sobre o seu financeiro, ele afirmou que não gasta com coisas não essenciais, por isso, a compra mais cara foi um iPhone 12.

Agora, ele mora com seu agente, em Milão, e seu maior sonho é trabalhar com Will Smith em um projeto.

Capacitismo

Por outro lado, algumas pessoas criticaram alguns dos vídeos feitos pelo senegalês. Isso porque alguns desses life hacks foram feitos para ajudar pessoas com deficiências, como por exemplo, um dos primeiros vídeos que bombaram: alguém descasca a banana com o ombro, mas ele mostra que dá para realizar a ação com as mãos. Nem todos conseguem fazer o movimento. Por isso, ele foi acusado pelos internautas de capacitismo.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias