Escama só de peixe?

Você sabe a diferença entre Brega e Brega Funk?

Que os gêneros conquistaram o Brasil, a gente sabe. Mas, você conhece as origens deles?

Agnes Vitoriano
Agnes Vitoriano
Publicado em 23/10/2021 às 13:37 | Atualizado em 31/12/1969 às 21:00
Reprodução/ Redes Sociais
Mc Loma e as Gêmeas Lacração na gravação do clipe da música Predadora - FOTO: Reprodução/ Redes Sociais
Leitura:

O Brega Funk tomou conta do Brasil após o lançamento do hit "">Envolvimento" por MC Loma e as Gêmeas Lacração, porém o gênero já fazia sucesso em Pernambuco, chegando até a ser declarado Patrimônio Imaterial do Recife. Existe também o brega, que difere do ritmo divulgado por Loma. Você sabe a diferença?

Os dois ritmos têm origens diferentes, uma bebe da música mais antiga, lá em meados dos anos 1960. Já a outra, incorpora elementos do funk carioca. Mas, uma coisa é certa: o bregafunk é filho do brega.

Brega

O estilo musical começou a tomar forma na década de 1960. Inspirada pela jovem guarda, com nomes como Roberto Carlos, Wanderléa e Renato e Seus Blue Caps, o ritmo bebia do "Iê, Iê, Iê" que tinha origem direta com os Beatles e a cultura beatnik.

A Jovem guarda ficou conhecida por transformar o rock do início da década em algo considerado "cafona" ou romântica. Isso porque o gênero conversava com o bolero e a seresta. Assim, quem bateu o pé e consagrou o estilo foi Reginaldo Rossi que, aos 22 anos, emerge na cena pernambucana.

O ex-integrante da banda The Silver Jets, tinha o visual e maneirismos beaseados em Roberto Carlos, se tornando, a primeira vista, uma versão local do cantor.

Essa origem acabou por, na década de 1980, recebendo o nome de "brega". Quem afirma isso é o historiador Paulo César Araújo.

Dos anos 1990 à 2010, o gênero se reinventa com a chegada de uma pegada mais "pop", nomes como Michele Mello, Luiza Mell, Banda vício Louco, Ovelha Negra, Toperdo e Sedutora, consagram o ritmo com a marca principal dos vocais femininos. Ai se dá o surgimento da divas do brega pernambucano, que bombam também nas redes sociais.

Brega Funk

Bebendo diretamente do seus pais, o brega, o gênero começa a surgir em meados de 2011 nas periferias do estado. Porém, sua origem é um pouco mais antiga.

O Brega Funk nasce com os "bailes de galera" que aconteciam nas comunidades pernambucanas. Foi aí que a polícia militar proibiu o acontecimento desses eventos e então os chamados "MCs" precisavam se reinventar. No estúdio, desenvolveram um som com o ritmo mais acelerado incorpora o funk carioca, batidas de rap e o trap.

Essas músicas circulavam, majoritariamente, em sites de compartilhamento de mp3, como 4shared, slideshare e muitos outros. Nomes como Sheldon, Metal e Cego, Dadá Boladão e Tróia se tornaram celebridades. Se criou um mercado musical, mas o estilo continuava masculino demais, não havia espaço para as mulheres.

O gênero então, conquista o Brasil com o lançamento de "Envolvimento", música composta pelas Gêmeas Lacração e cantada por Loma, uma menina de 15 anos na época. O brega Funk viralizou na internet.

 

 

Comentários

Últimas notícias