NA JUSTIÇA

João Guilherme processa influenciadora que disse que ele e MC Mirella tinham se beijado em festa

A ação, movida no final de novembro, pede uma indenização por danos morais no valor de R$ 50 mil

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 15/12/2021 às 20:08 | Atualizado em 16/12/2021 às 11:51
Reprodução
João Guilherme - FOTO: Reprodução
Leitura:

O cantor João Guilherme entrou na Justiça contra Rayane Cassemiro, influenciadora que foi “retirada” da festa de Deolane Bezerra. Na ação, João Guilherme alega que a Cassemiro postou falsamente em suas redes sociais ter visto ele e MC Mirella se beijando em uma festa no fim de outubro, em São Paulo. Para saber mais sobre o caso clique aqui.

De acordo com o processo, João afirma que a situação provocou constrangimento tanto para ele quando pra MC Mirella, que na época ainda era casada com Dynho Alves. Ele diz ainda que os dois são apenas amigos e que foram “obrigados” a se justificar publicamente. Segundo ele, a influenciadora fez isso apenas para buscar mídia e aumentar seus seguidores nas redes sociais. As informações são da colunista Fábia Oliveira.

Vale lembrar que durante a festa "Farofa da Gkay" um vídeo onde João Guilherme aparentemente leva um "fora" de MC Mirella viralizou na internet. Entretanto, nesta ocasião Mirella já tinha dado entrada no processo de divórcio.

A ação, movida no final de novembro, pede uma indenização por danos morais no valor de R$ 50 mil. Até o momento, Rayane Cassemiro não foi citada pela Justiça.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias