ACUSAÇÃO

Perlla rebate acusações de que teria abandonado as filhas; pai das crianças se pronuncia

Segundo Perlla, seu retorno ao Brasil tem data marcada, mas ela não vai falar para ninguém; ex-marido acusa ela de abandonar as filhas e ir para Portugal com o noivo

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 17/12/2021 às 18:57 | Atualizado em 17/12/2021 às 19:00
Perlla. Foto: Divulgação
Perlla. Foto: Divulgação
Leitura:

Depois de ser acusada pelo ex-marido Cássio Castilhol de ter viajado para Portugal com o noivo sem data para retornar ao Brasil, abandonado as filhas, Perlla usou suas redes sociais para se defender. Segundo ela, a situação não aconteceu do jeito que Cássio está expondo. Perlla contou que não “fugiu”, que tem data para voltar ao Brasil e que suas filhas já sabiam que ela não passaria o fim de ano no Brasil.

“Primeiro que nós não fugimos. Temos data de volta, mas não compete falar o dia exato, porque não tem necessidade disso. Não abandonei minhas filhas, elas sabiam que o final do ano eu não passaria com elas, porque o Natal delas não vai ser comigo. Pra mim o Natal tem muito valor, mas não que o Ano Novo não tenha. O Natal é muito simbólico e pra mim é muito família. E como não vou passar o Natal com elas, resolvi prolongar a viagem. Já tinha deixado avisado para a minha mãe e minha tia, que me ajudam com as meninas”, explicou Perlla.

A ex-funkeira ainda disse que abriu mão da sua carreira artística justamente para se dedicar às filhas. “Por um bom tempo eu deixei de lado a minha carreira, por conta das meninas. Agora tomei essa posição também de não voltar aos palcos para dar total atenção para as meninas, para o que elas precisam. Eu digo que sou pai e mãe pra tudo, e sou mesmo. As meninas têm tudo, não falta nada”, disse a ex-funkeira.

O ex-marido e pai das meninas também postou uma resposta nas suas redes sociais. Nos stories do Instagram, Cássio contou que há alguns meses foi contactado pela advogada de Perlla com a oferta que ele ficasse com a guarda unilateral das filhas.

“No mês de agosto, a advogada dela procurou o meu advogado oferecendo a guarda das meninas para morar comigo definitivamente. Na época, eu não vi necessidade, porque ela estava aqui pelo Brasil e tinha tempo para estar com as filhas e não vi necessidade de tirar as filhas do convívio com a mãe assim dessa forma. Hoje eu entendo por que ela fez essa proposta. Na época, não aceitei também por causa das condições que ela impôs”, disse.

Cássio, em entrevista à colunista Fábia Oliveira, disse que pretende acionar a justiça para conseguir a guarda das filhas, mas foi instruído pelos seus advogados a aguardar um tempo. Por outro lado, Perla confirma que está apenas em uma viagem a trabalho e não abandonou as filhas. “São minhas filhas, gente. Não tem a possibilidade de eu deixar pra lá. A gente não vai morar aqui e estamos em viagem de trabalho, nem passeio é”, finalizou.

Comentários

Últimas notícias