JUSTIÇA

BBB 22: Após Natália ter vídeo íntimo vazado, polícia pede medida protetiva na Justiça; entenda

Família de Natália Deodato, do BBB 22, também recorreu à polícia

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 19/01/2022 às 14:39
Reprodução/TV Globo
Natália é uma mulher negra e deu declarações polêmicas sobre a escravidão no BBB 22 - FOTO: Reprodução/TV Globo
Leitura:

A participante Natália Deodato, do Big Brother Brasil 22, teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais na terça-feira (18). O suspeito de ter publicado o conteúdo sem o seu consentimento é um homem de 39 anos, como informou a Polícia Civil de Minas Gerais.

O órgão ainda pediu na Justiça, nesta quarta-feira (19), uma medida protetiva para Natália. O procedimento investigatório para a apuração dos fatos já foi instaurado.

Além disso, a família de Natália Deodato procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Belo Horizonte, Minas Gerais, para registrar um boletim de ocorrência.

O que diz a Polícia Civil

Em nota enviada pela Polícia Civil, o suspeito está sendo investigado por injúria. Contudo, a investigação vai além. "Os trabalhos policiais seguem em andamento para identificar eventuais crimes praticados no âmbito da violência doméstica", diz o comunicado.

"A autoridade policial, responsável pela investigação, requereu medida protetiva para a vítima ao Judiciário", finaliza.

Veja também:

Após ganhar uma prova de resistência extremamente cansativa do BBB22, Bárbara mandou um recado bem humorado durante uma conversa com um dos brothers da cozinha; confira o que a sister falou:

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias