14
set

Maria Callas, falecida há 41 anos, estreia nova turnê

14 / set
Publicado por José Teles às 18:35

Falecida aos 54 anos, em 1977, a soprano greco-americana Maria Callas, considerada uma das mais importantes divas da história do canto lírico, teve lançado esta semana o disco de sua mais nova turnê, que nem ainda começou. O concerto de estreia acontece, dia 23 de março de 2018, no Jackson Hall, em Davis, na Califórnia, e chega ao Brasil, em outubro, com apresentações em São Paulo (16) e Porto Alegre (18).

Embora Maria Callas esteja a cinco anos de se tornar centenária, ela nunca cantou melhor, como ratifica o álbum Callas in concert – the hollogram tour (Warner Classics/BASE).

O título do álbum já esclarece que a Maria Callas que será vista no palco é um holograma criado pela BASE Entertainment, que trabalhou durante nove meses no projeto. O holograma emula a cantora até no gestual e na sua reação diante do público. Maria Callas e a orquestra gravavam ao mesmo tempo. Até recentemente era difícil separar a voz dos insrumentos. Atualmente é possível fazê-lo com equipamentos que permitem a realização da tarefa sem prejudicar a qualidade.

O programa de Callas in concert – the hollogram tour, terá 15 árias, o mesmo repertório do álbum que chega às lojas simultaneamente à abertura da turnê. Rossini, Bizet, Verdi, Ponchielli, Puccini, alguns dos autores que Maria Callas interpretava, e que serão apreciados novamente apreciados, “ao vivo”, por muita gente que nem tinha nascido quando ela frequentava os palcos em carne e osso.

A nova nova turnê de La Divina, um dos epítetos de Maria Callas, já tem 24 concertos agendados, nos EUA, Europa e América Latina.

Num futuro, que pode estar bem próximo, quem não se der ao trabalho de ir ao teatro para assistir a um concerto, uma ópera, peça, poderá tê-lo em casa em casa em holografia,  3-D. Mas por enquanto, apenas no palco.


Veja também