20
set

Mestre Fábio Gouveia nas finais do Masters da WSL

20 / set
Publicado por Alexandre Gondim às 22:33

Fabio Gouveia (PB), Foto:@WSL / Masurel

O único brasileiro no Mundial Masters da World Surf League em Portugal ficou entre os oito melhores nas fases classificatórias e esta nas quartas de finais com chances de ganhar mais um título em sua carreira vitoriosa.

A World Surf League voltou a promover, esse ano, este evento que resgata a história do esporte, uma competição especial para os surfistas que já brilharam no Circuito Mundial décadas atrás. A última vez que estas lendas vivas se reuniram foi no Brasil em 2011, no SuperSurf World Masters Championship na Praia do Arpoador, Rio de Janeiro.

Fabinho não começou bem nas Ilhas Açores, perdendo para o grande destaque em Portugal, Jake Peterson. O australiano liquidou seus adversários, sempre conseguindo notas no critério excelente em suas baterias. Mas Gouveia achou as ondas para mostrar o seu surfe, batendo o também australiano Damien Hardman e ainda derrotou o havaiano Derek Ho para confirmar sua classificação para os duelos homem a homem da próxima fase.

Damien Hardman (AUS).Foto:@WSL / Masurel

O adversário de Fabinho na segunda quarta de final será um velho conhecido dos tempos que os dois competiam no Circuito Mundial, o bicampeão mundial Damien Hardman. Os dois já se enfrentaram nas ondas da Praia de Santa Barbara e o brasileiro derrotou o australiano.

“Eu fiquei muito feliz por ter sido convidado para o Masters dos Açores”, disse Fia. “Eu ainda não conhecia as ondas da ilha de São Miguel, mas gostei bastante da vitória que meu filho, Ian Gouveia, conseguiu aqui e foi superimportante para a sua classificação para o CT 2017. Desde então, os Açores estão no coração da família e é um grande prazer estar aqui surfando essas ondas na Praia de Santa Barbara. É ótimo rever nossos ídolos e amigos e estou muito animado para conseguir um bom resultado no evento”.

Este sistema de disputa prossegue até a decisão do título e a primeira bateria eliminatória da categoria Master, para surfistas com 45 anos ou mais de idade, será entre dois australianos, Jake Paterson e Dave Macaulay. O vencedor pega nas semifinais quem ganhar o confronto entre Fabio Gouveia e Damien Hardman. A chave de baixo também começa com um duelo australiano, de Luke Egan com Matt Hoy. E o quarto concorrente ao título da principal categoria do Azores World Masters, sairá da bateria entre dois surfistas dos Estados Unidos, o californiano Shane Beschen e o havaiano Sunny Garcia.

Matt Hoy (AUS). Foto:@WSL / Masurel

Outros dois títulos mundiais serão decididos em Portugal: Grand Master dos surfistas que já completaram 55 anos e a categoria feminina, que não foi realizada no SuperSurf World Masters de 2011 no Rio de Janeiro.

O campeão Grand Master na Praia do Arpoador foi o neozelandês Iain Buchanain, que não passou para as fases decisivas em Portugal, e os três que vão disputar o título nos Açores são os australianos Cheyne Horan, Rob Bain e Simon Anderson.

Na categoria feminina, a primeira semifinal será entre a heptacampeã mundial Layne Beachley e a também australiana Pauline Menczer. E a outra vaga para a decisão será entre a norte-americana Frieda Zamba e a havaiana Rochelle Ballard. Nenhuma surfista do Brasil ou da América do Sul com 45 anos ou mais de idade, foi convidada para competir nas Ilhas Açores.

Jake Paterson (AUS). Foto:@WSL / Masurel

O Azores Airlines World Masters Championship está sendo transmitido ao vivo de Portugal pelo www.worldsurfleague.com


Veja também