PERNAMBUCO

PTB denuncia suposto uso indevido de helicóptero pela vice-governadora de Pernambuco

Coronel Meira, dirigente estadual do partido, acusa Luciana Santos de uso indevido da máquina pública

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 06/12/2021 às 11:31
RICHARD SILVA / PCDOB / DIVULGAÇÃO
VICE-GOVERNADORA Luciana pode assumir governo estadual em 2022 - FOTO: RICHARD SILVA / PCDOB / DIVULGAÇÃO
Leitura:

O diretório estadual do Partido Trabalhista do Brasil (PTB) protocolou junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) uma denúncia contra Luciana Santos (PCdoB). De acordo com o Coronel Meira, dirigente do partido no estado, a vice-governadora fez uso indevido de um helicóptero.

"Fotos e vídeos comprovam que a Comunista deslocou efetivo material e humano, das Polícias e Bombeiros Militares, no último sábado (06), quando seguiu de Goiana, no Litoral Norte até Brejo da Madre de Deus, no Agreste quando utilizou o helicóptero do Grupo Tático Aéreo da PMPE para participar de uma festa particular, na casa do ex-prefeito de Brejo da Madre de Deus, e atual Secretário de Saúde de Gravatá, Dr. Edson de Souza.", afirmou Meira, um dos principais expoentes da extrema direita em Pernambuco.

O dirigente do PTB espera, como resultado da ação, uma resposta da vice-governadora e a devolução ao erário dos valores gastos no dia citado. "Em face dos fatos de um possível uso indevido da máquina pública ou eventual prática delituosa, faz-se necessário a intervenção do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para que na condição de fiscal da lei, investigue e tome as medidas cabíveis", completou Rubem Brito, advogado.

O jurista cita caso semelhante ocorrido no Rio de Janeiro, quando a Justiça condenou o ex-governador Sérgio Cabral a 11 anos e oito meses de prisão e sua ex-mulher, Adriana Ancelmo, a oito anos e quatro meses de reclusão. Os dois foram acusados por crime de peculato pelo uso particular de helicópteros do Governo Fluminense para transporte de familiares, funcionários, políticos, amigos e até mesmo, animal de estimação.

Comentários

Últimas notícias