21
dez

Carros usados, segmento luxo e blindados consolidam crescimento do setor no mercado automotivo

21 / dez
Publicado por Fernando Castilho em Notícias às 18:56

A indústria automotiva brasileira teve no mês passado melhor desempenho desde dezembro de 2014, segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores – Anfavea, entidade que congrega as montadoras de veículos automotores no Brasil, Antônio Megale.
E o setor não deve estagnar, pois os números mostram, na indústria automotiva, que o carro vai sobreviver às novas tecnologias e às novas gerações. Uma pesquisa encomendada pela Anfavea à consultoria Spry revela que a maior parte dos brasileiros ainda quer ter um carro. E esse anseio é maior entre os mais jovens: 70% da Geração Z, que tem menos de 25 anos de idade, têm essa pretensão.
Na Região Metropolitana do Recife, as estatísticas indicam, inclusive, que o setor de carros de luxo cresce. Com mais de 28 anos de mercado, a loja de veículos multimarcas JBS Veículos acaba de inaugurar um showroom exclusivo para o segmento premium, em que os carros têm o ticket médio de R$ 200 mil. Com a nova unidade, o diretor comercial da empresa Solon Galvão Filho acredita que terá um incremento de 30% nas vendas por mês.
Ao todo, a JBS Veículos possuis três lojas, onde são vendidos, em média 100 carros por mês. Na categoria de alto padrão, a média é de 15. Completando 3 meses do showroon de luxo inaugurado, o balanço do mês de outubro foi de 22 veículos premium vendidos e em novembro foram 29.
Os sócios Saulo Melo, Solon Galvão e Solon Filho também estão investindo em veículos blindados que agregam valor na venda para aqueles cliente que exigem conforto e segurança. Solon Filho destaca que há cerca 10 anos, este mercado se tornou mais lucrativo devido à tecnologia aplicada hoje nas blindagens que não deixam os carros tão pesados quanto antigamente. “Atualmente, até mesmo no repasse do carro, o cliente não perde tanto dinheiro. A blindagem se tornou um item atrativo e um plus para fechar vendas”, explica.
O mercado de carros usados é bastante lucrativo. Para Solon Filho, muitos clientes ainda preferem economizar e realizar o sonho da compra do carro desejado. “A JBS seleciona os melhores carros, em bom estado, com baixa quilometragem e de no máximo três a quatro anos de uso. O nosso filtro já conquistou a confiança do consumidor há 28 anos e ele pode optar por economizar, um valor que chega a 30% do total comparado à compra de um carro novo de luxo em que ainda incidem taxas mais altas e emplacamento”, pontuou.


Veja também