Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
INUSITADO

Homem com doença terminal é preso por policiais após mostrar nádegas para câmera

Darrell disse só queria realizar um item da sua lista de últimos desejos

Maria Luísa Fernandes
Cadastrado por
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 10/11/2021 às 12:41 | Atualizado em 10/11/2021 às 12:47
Reprodução
Homem com doença terminal é preso por mostrar nádegas - FOTO: Reprodução
Leitura:

Na última sexta-feira (5), um professor universitário aposentado, chamado Darrell Meekcom, de 55 anos, foi derrubado no chão e preso por seis policiais, após mostrar as suas nádegas para a câmera de um radar de velocidade. O motivo seria que ele tem uma doença terminal e estava completando um item da sua lista de últimos desejos.

Darrell Meekcom recebeu, no mês passado, foi diagnosticado com uma doença degenerativa. Além disso, ele sofria da Doença de Parkinson, além de também ter problemas renais e cardíacos. Foi por causa dessa infeliz notícia que o homem decidiu criar uma lista de coisas que queria fazer antes de morrer.

Na sexta-feira, ele parou o carro, desceu, baixou a sua calça jeans e expôs as suas nádegas para uma câmera de radar de velocidade. Mas um policial que estava no local não pareceu gostar da atitude do aposentado, e contatou outros policiais para relatar a "exposição indecente", segundo informações compartilhadas no UOL. 

Em apenas 20 minutos depois do ocorrido, três carros da polícia pararam em frente a casa de Darrell. As autoridades invadiram a residência e levaram à força o aposentado até o jardim, onde o derrubaram. A mulher do Darrell, Sarah, chegou a registrar toda a abordagem. "Estou com uma doença terminal, não vou conseguir respirar assim!", suplicou o homem no vídeo.

O homem foi preso e levado sob custódia para uma delegacia. Horas depois, ele foi liberado sob investigação por exposição indecente e direção perigosa. 

"É algo que eu sempre quis fazer (mostrar suas nádegas para um radar) porque eu já fui pego por eles algumas vezes em velocidades inocentes, como 35 km/h em uma via com limites de 30, e isso sempre me incomodou. Esse é um dos itens na lista que agora eu cumpri com um certo custo", contou o professor aposentado em entrevista.

Apesar de todo esse ocorrido, Darrell também tem em sua lista de desejos salto de bungee jump e paraquedas. O homem também disse ter denunciado os policiais para a Corregedoria.

As informações foram retiradas do Extra.

Comentários

Últimas notícias