Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Superação

Jovem que trabalhava como pedreira se torna advogada

Magalí Giménez conseguiu se formar graças ao seu trabalho e apoio da família

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 16/11/2021 às 14:54 | Atualizado em 16/11/2021 às 16:56
Reprodução/Facebook
Jovem trabalha como pedreira para se formar em Direito - FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

A história de superação de uma jovem chamou bastante atenção nas redes sociais. Magalí Giménez, de 24 anos, passou um período da sua vida trabalhando como pedreira para pagar os seus estudos e também ajudar a sua família. Todos os ganhos da sua família, que é humilde, vieram de um canteiro de obras, em San Estanislao, no Paraguai. 

A jovem, que hoje realizou seu sonho de ser advogada, compartilhou a sua história em redes sociais, onde mencionou que tem muito orgulho do seu desempenho acadêmico. 

Magalí Giménez compartilhou sua história na rede social Facebook. Através de uma publicação, ela conta que não teve dinheiro para poder cobrir todas as despesas que seus estudos exigiam, mas felizmente conseguiu encontrar uma solução para esse problema e passou a trabalhar como ajudante de obras do seu pai.

"6 anos atrás isso parecia inatingível, muitas pessoas até me disseram que eu não conseguiria. Apesar disso e como muitos jovens, decidi não desistir e ser persistente", contou a recém-formada em sua conta.

A jovem também relembra de momentos em que teve que pagar a mensalidade da faculdade, mas não sabia se iria de fato conseguir. "Como o meu pai é pedreiro também, decidimos que para chegar a essa quantia ele não ia colocar ajudante e eu iria ajudá-lo nesse trabalho... Meus irmãos mais novos e eu decidimos trabalhar duro por vários meses para poder pagar essa mensalidade".

Magalí também conta em sua publicação que tem muita gratidão à sua família. Além disso, ela relembra que passou por alguns obstáculos durante a sua formação acadêmica, mas afirmou que "dão a este dia o sabor mais glorioso que poderia ter". 

Com a sua história publicada no Facebook, a advogada dá conselhos para outros jovens que passam pela mesma situação em que ela passou. 

"Só posso dizer que não desistam e que conseguem quem perseverar. Juro perante Deus e Pátria! Advogado inscrito no Supremo Tribunal de Justiça. Eu fiz isso!", concluiu em sua publicação. 

Informações retiradas do SóNotíciaBoa.

Comentários

Últimas notícias