Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Rio São Francisco

Motociclistas são flagrados fazendo manobras no canal onde vão passar as águas do projeto de integração do Rio São Francisco

A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) chegou a justificar que mantém a vigilância nos primeiros 53 quilômetros do canal

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 24/11/2021 às 14:10 | Atualizado em 24/11/2021 às 23:18
Reprodução/Redes sociais
Dois motociclistas são flagrados fazendo manobras dentro de um dos canais do Cinturão de Águas - FOTO: Reprodução/Redes sociais
Leitura:

Recentemente, imagens de dois homens pilotando motocicletas e fazendo manobras bastante arriscadas dentro de um dos canais do lote 3 do Cinturão das Águas (CAC), localizado na cidade de Barbalha, na região do Cariri, viralizaram na internet. A imagens foram divulgadas e compartilhadas em redes sociais.

O local onde os motociclistas foram flagrados ainda está em obra, em e faz parte do Trecho 1, por onde passarão as águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF). A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado de Ceará (SSPDS) chegou a ser procurada sobre o caso, mas até então, não foi obtida nenhuma resposta. 

A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) justificou o caso dizendo que mantém a vigilância do local nos primeiros 53 quilômetros dos canais, no chamado 'eixo-emergencial', que já se encontra pronto. Mas para o trecho que ainda se encontra em obras, o órgão disse ser "de responsabilidade da Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) e também da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH).

A SRH também chegou a se pronunciar, explicando que o trecho onde os motociclistas foram flagrados ainda está no processo de obras e a "construtora responsável ainda não entregou a obra para o Estado, então qualquer ocorrência é de responsabilidade da mesma".

Através de uma nota publicada, a Pasta informou que a Secretaria de Recursos Hídricos e a Superintendência de Obras Hidráulicas do Ceará vão notificar a empresa. "A empresa responsável pela obra será acionada, assim como as autoridades da Segurança Pública para que sejam adotadas as medidas cabíveis".

Informações: Diário do Nordeste. 

Comentários

Últimas notícias