Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
Animais raros

‘Peixe com mãos’ é encontrado pela primeira vez em 20 anos

O peixe recebe esse nome por causa de suas barbatanas em forma de mão

Bia Freire
Cadastrado por
Bia Freire
Publicado em 06/01/2022 às 17:29
Reprodução/CSIRO Marine Research
O peixe é conhecido por usar as "mãos" para rastejar pelo mar se encontra ameaçado de extinção - FOTO: Reprodução/CSIRO Marine Research
Leitura:

A Austrália é conhecida por casos inusitados envolvendo animais e, dessa vez, não poderia ser diferente. Um peixe que nada com membros semelhantes as mãos, foi encontrado por mergulhadores no fundo do mar. A aparição dessa espécie é bastante rara, sendo essa a primeira vez após 20 anos.

O animal com o nome científico de Brachiopsilus, foi avistado pela última vez em 1999, na costa da Tasmânia. Antes disso, o peixe-mão rosa - que recebe esse nome por causa de suas barbatanas em forma de mão - foi encontrado apenas quatro vezes. 

Extinção

Os cientistas consideraram que a espécie marítima estaria sofrendo ameaça de extensão, devido a poucas aparições. No entanto, o registro recente fez os especialistas ficarem otimistas.

O biólogo marinho Nevulle Barrett, associado da Universidade da Tasmânia, afirmou em uma entrevista para a BBC, que o fato poderia ser uma nova esperança para sobrevivência da espécie. "A maior surpresa foi encontrar um peixe-mão rosa na região a uma profundidade de cerca de 120 metros", disse o especialista. 

O pesquisador ainda acrescentou que as mãos do animal chamaram a atenção dele. "Eu estava assistindo a um de nossos vídeos de expedição e havia um peixinho que surgiu na borda do recife que parecia um pouco estranho", disse. "Eu dei uma olhada mais de perto e fiquei surpresa ao ver suas mãozinhas", finalizou.

Habitat

Os pesquisadores afirmam que o peixe é nativo apenas na Austrália e foram surpreendidos pela profundidade em que o animal foi encontrado. A espécie pode ser encontrada no Parque Marinho da Tasmânia, que é uma área de preservação e chega a ser um pouco maior que a Suíça. O local contém uma enorme vida marinha e tem uma profundidade de mais de 4.000 metros.

E esse vídeo de uma chuva de peixes? Confere: 

Comentários

Últimas notícias