Com Under Armour apenas em junho, Sport jogará Estadual sem fornecedor

Carlyle Paes Barreto
Publicado em 13/12/2017 às 15:28
Neto Baiano foi o autor do gol no segundo jogo. Foto: ACERVO/ JC IMAGEM


É possível que o Sport inicie as primeiras competições de 2018 com padrão de jogo alternativo, como ocorreu no primeiro semestre de 2014. Com o fim da parceria com a Adidas, o novo contrato só deve ter início em junho. Provavelmente com a norte-americana Under Armour, que já teria acertado as bases financeiras com o clube pernambucano. Até lá, as camisas de jogo não teriam marca de fornecedores.

Mesmo em término de contrato com a Adidas, o Sport tentou esticar o fornecimento de uniformes por mais seis meses. A empresa alemã, que já não produz mais material do Leão, não aceitou. A Under Armour também não quis antecipar a parceria, pois precisa de tempo para produzir o produto em grande escala.

Em 2014, no ano seguinte ao fim da parceria com a Lotto, o Sport usou camisas sem a logomarca de fornecedores. Usou o material “próprio” nos títulos do Estadual e do Nordestão. Só em junho começou a utilizar a Adidas.

Outras empresas chegaram a procurar o Sport, como as brasileiras Topper e Penalty e a italiana Kappa. Mas o Leão já estava pré-acertado com a Under Harmour.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT
Show Player

Este conteúdo é exclusivo para assinantes JC


Com Under Armour apenas em junho, Sport jogará Estadual sem fornecedor

Neto Baiano foi o autor do gol no segundo jogo. Foto: ACERVO/ JC IMAGEM Foto: Neto Baiano foi o autor do gol no segundo jogo. Foto: ACERVO/ JC IMAGEM

Você atingiu o limite de conteúdos que pode acessar.

O seu conteúdo grátis acabou

Já é assinante?

Dúvidas? Fale Conosco

Ver condições

Veja também
últimas
Mais Lidas