Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Política

Gustavo Dubeux surge como um dos nomes de consenso para eleição do Sport

Líderes rubro-negros querem que a eleição seja realizada de forma direta entre os sócios

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 22/06/2021 às 18:03
Notícia
ANDRÉ NERY/ACERVO JC IMAGEM
Gustavo Dubeux foi presidente do Sport em 2011 e 2012 e vice-presidente nos anos de 2017 e 2018 - FOTO: ANDRÉ NERY/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Os bastidores do Sport estão fervendo desde a última segunda-feira com as renúncias do presidente Milton Bivar e vice Carlos Frederico. Segundo informações apuradas pelo Blog do Torcedor, as lideranças políticas do Leão estão se unindo para costurar uma chapa de consenso para a eleição. Nesse cenário, o nome do ex-presidente Gustavo Dubeux agradou boa parte dos grupos para assumir novamente a presidência do clube rubro-negro ou mesmo compor a nova formação do Executivo. Os ex-candidatos a presidente Delmiro Gouveia e Nelo Campos também estão cotados para integrar importantes cargos como, por exemplo, a vice-presidente e a direção de futebol, respectivamente.

LEIA MAIS

Sabino exalta esquema com três zagueiros no Sport

Ex-presidentes do Sport emitem carta à favor de eleições diretas

Justiça define que Sport terá eleições diretas

Vivendo 'panela de pressão', Sport tem reunião do conselho para definir como será escolha de novo presidente; veja cenários

No ostracismo, Hernane Brocador vive dias de incertezas no Sport

Nessa manhã, Nelo e Delmiro conseguiram uma liminar na Justiça que determina que a eleição seja convocada em um prazo de 48 horas e realizada dentro de 15 dias. Tendo como base as determinações do estatuto do Sport. Além disso, sete ex-presidentes - Fernando Pessoa, Gustavo Dubeux, Homero Lacerda, Jarbas Guimarães, Luciano Bivar, Severino Otávio e Wanderson Lacerda - assinaram uma carta aberta em apoio à eleição direta. Mais tarde, no início da noite desta terça-feira, às 19h30, o Conselho Deliberativo do Leão deve se reunir cumprir a orientação judicial.

>> Ex-presidente, Gustavo Dubeux defende eleições diretas e afirma que Sport precisa de pacificação

Procurado pela reportagem, Gustavo Dubeux admitiu que junto com outras lideranças do Sport está buscando evitar um bate-chapa na eleição. Ele salientou a necessidade do pleito acontecer de forma direta e o quanto antes para acabar com a crise no Leão. “Estamos todos em busca de que essa eleição seja realizada o mais rápido possível e que possamos escolher um candidato de consenso. Não existe só o meu nome. Outros também estão sendo discutidos. Eu não descarto o meu nome, mas acredito também que existem rubro-negros com mais tempo e disponibilidade para encarar esse desafio que não vai ser nada fácil”, disse o ex-presidente do Sport em 2011 e 2012.

Ainda segundo apuração, outro nome bastante influente na tentativa de acordo entre todas as alas do Sport é o ex-presidente Luciano Bivar. Inclusive, uma fonte ouvida sob reserva, disse que "muita coisa está acontecendo e foi colocada na mesa até uma composição com Bivar, presidente, e Dubeux, vice". O deputado federal (PSL) e irmão do ex-presidente Milton Bivar apoiou a candidatura de Delmiro Gouveia no último pleito leonino. Já Gustavo Dubeux esteve ao lado de Nelo Campos na campanha.

Em uma das eleições mais acirradas da história do Sport, Milton Bivar venceu o principal opositor Nelo Campos por uma diferença de 38 votos. Além deles e Delmiro, Eduardo Carvalho também concorreu ao comando do Executivo. O processo eleitoral também foi conturbado por causa de dois adiamentos por parte do Conselho Deliberativo. O primeiro, com a justificativa de que o Leão precisava focar na permanência na Série A do Campeonato Brasileiro, e o outro, tendo como argumento o aumento de casos da pandemia da covid-19 em Pernambucano.

PROVISÓRIO

Na última terça-feira, o presidente do Conselho Deliberativo, Pedro Lacerda, foi eleito pelos conselheiros para assumir o cargo de vice-presidente provisório e recebeu o prazo de 90 dias para convocar um novo processo eleitoral no Sport. Também na semana passada, surgiu a possibilidade da eleição ser realizada de forma indireta, apenas entre os membros do Deliberativo. Porém, tanto o prazo de três meses para a realização do pleito quanto a não realização da votação entre os sócios contrariam o estatuto do clube. O Conselho é comandado atualmente pelo vice Gustavo Oiticica.

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias