Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

SÉRIE C

Renúncia, salários e "luz divina": presidente do Santa Cruz fala sobre momento atual do clube

Mesmo sobre críticas da torcida, o presidente Joaquim Bezerra não vê motivos para renunciar do cargo

Túlio Feitosa Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 20/07/2021 às 12:40
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Joaquim Bezerra anunciou saída da presidência do Santa Cruz - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Principal alvo das críticas da torcida do Santa Cruz, o presidente Joaquim Bezerra bateu um papo com Ralph de Carvalho, na Rádio Jornal, e falou sobre o atual momento do clube em vários âmbitos, além do futebol. Com sua saída do cargo especulada nas redes sociais, o diretor deixou claro que não irá entregar o cargo e nem, ao menos, pensou na possibilidade.

"Em momento nenhum eu cogitei ou pensei em renunciar ao cargo de presidente do Santa Cruz. Pelo motivo básico, efetivamente: nós estamos trabalhando, erros foram cometidos e acertos virão, com certeza. Não existe, hoje, um motivo para que eu vá renunciar", ressaltou.

"O que a gente precisa fazer é dividir as coisas que estão acontecendo, porque acertos em diversas áreas estão acontecendo, e há erros em outras, principalmente no futebol, que a gente precisa corrigir e é isso o que nós estamos fazendo", completou Joaquim.

Salários

Apesar do fraco desempenho dentro de campo do elenco Coral, a falta de pagamentos não é um fator determinante. Isso porque o salário em dia, tanto dos funcionários quanto da comissão técnica, tem sido um dos principais pilares da gestão desde que assumiu no início da temporada. 

"O salário do mês atual dos funcionários forma pagos ontem. E o dos jogadores, eu já conversei com todos eles, devem ser pagos até sexta-feira (23). Então nós estamos pagando, todos os meses, os salários dentro do próprio mês. Isso não é uma coisa que entra na minha cabeça, que salário deve ser atrasado. E é por isso que eu trabalho muito para manter sempre o pagamento de funcionários, jogadores e comissão técnica em dia", afirmou Joaquim.

Ouça na íntegra:

Inúmeras contratações

Para quem acompanha o Santa Cruz, viu o clube trazer 37 jogadores novos, além de quatro treinadores diferentes e a chegada de Fabiano Melo como diretor executivo e Givanildo Oliveira como diretor de futebol.

Mesmo com tantas mudanças, chegadas e saídas de peças, a Cobra Coral não engatou em nenhum momento da temporada. Foram cinco vitórias, oito empates e 16 derrotas nas 29 partidas realizadas até aqui. Fracassos do Tricolor em 2021 foram influenciados por fatores que nem mesmo Joaquim Bezerra consegue numerar num curto período de tempo. "São vários fatores que se eu fosse elencar, eu passaria o programa inteiro falando", disse a Ralph de Carvalho.

"Agora, o que a gente precisa pensar, objetivamente, daqui para frente? Eu estava até agora reunido (no Santa Cruz), onde a gente criou um colegiado gestor no futebol, no qual membros do nosso conselho de administração iremos nos unir e unir outros tricolores, outros ex-presidentes do Santa Cruz, para que a gente possa se juntar em torno de reerguer o Santa Cruz nessa condição do futebol e tirar ele, definitivamente, dessa ameaça do rebaixamento que a gente vem sofrendo", contou o presidente Coral.

Joaquim Bezerra falou de uma "corrente do bem e positiva" com membros e ex-membros ligados ao futebol do Santa Cruz para mudar a maré do clube dentro de campo.

"O que a gente, hoje, precisa fazer é dar autonomia a esse colegiado que a gente acabou de conversar e instituir, para que esse colegiado possa, em conjunto com os diretores profissionais do Santa Cruz, Givanildo e Fabiano Melo, mais o técnico Roberto Fernandes, fazer por onde a gente encontra essa saída. Porque vários trabalhos estão sendo feito", concluiu o presidente.

Orientações à comissão técnica

Visando a partida contra o Botafogo-PB, no próximo sábado (24), o elenco Coral adiantou o período de concentração antes da viagem para João Pessoa/PB, local do confronto pela 9ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

"Nós estamos concentrando o time a partir de hoje. Coisa que não acontecia. O time ia concentrar na véspera do jogo. Nós estamos concentrando o time a partir de hoje e vamos viajar para João Pessoa na sexta-feira. Então é um trabalho intensivo e intenso para que o time possa ganhar autoconfiança e trabalhar em conjunto para que a gente saia dessa situação", explicou Joaquim Bezerra.

Em despedida ao jornalista Ralph De Carvalho, que desejou sorte ao presidente Coral, Joaquim respondeu: "Realmente, precisamos de muita luz divina".

Comentários

Últimas notícias