Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

BASTIDORES DO ARRUDA

Alexandre Mirinda fala de colegiado com ex-presidentes do Santa Cruz: "Precisamos de todos, ninguém é dono da verdade"

Mirinda concordou que o clima acirrado na última eleição do Santa Cruz deixou sequelas, mas manteve o discurso de deixar os erros no passado

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 21/07/2021 às 20:38
Notícia
Reprodução/Ademi-PR
Mirinda foi presidente do Santa Cruz no título do Campeonato Pernambucano de 1993 - FOTO: Reprodução/Ademi-PR
Leitura:

Força-tarefa. É assim que o ex-presidente Alexandre Mirinda definiu a criação do colegiado com ex-mandatários do Santa Cruz. Sem citar os nomes que vão compor o grupo que vai cuidar do futebol coral, o dirigente afirmou que fez o convite para aqueles que querem ajudar o Tricolor do Arruda a sair do caos na temporada, com o clube na lanterna da Série C e ameaçado pelo fantasma da Quarta Divisão. O colegiado terá justamente a liderança de Mirinda, que foi presidente da Cobra Coral em 1993 e 1994.

"Tenho feito a convocação aos verdadeiros tricolores e estou tendo uma boa receptividade de ex-presidentes e diretores, inclusive aqueles que foram vencedores na minha gestão. O momento do Santa Cruz é muito complicado, precisa descer do palanque das eleições, dar um passo para trás para dar dois para frente. E precisamos de todos, ninguém é dono da verdade. O futebol é uma caixinha de surpresas, e é nessa caixinha que eu acredito que o Santa Cruz vai afastar esse fantasma da Série D", afirmou Mirinda, em entrevista ao programa Bola Rolando, da Rádio Jornal.

Mirinda concordou que o clima acirrado na última eleição do Santa Cruz deixou sequelas, mas manteve o discurso de deixar os erros no passado. "Não adianta olhar para o retrovisor, atirando pedras ou buscando culpados. Quem é tricolor e pode dar sua contribuição, se aproxime. O clube é um só, é maior que qualquer pessoa. Nós passamos e o clube está aí com a sua história. Quem perdeu foi A, B e C ou o Santa Cruz, que todos nós amamos? Não vamos buscar culpados e muito menos atrapalhar um projeto que precisa ser vitorioso em respeito a maior torcida do Norte-Nordeste", explicou.

Os trabalhos nessa força-tarefa, inclusive, já começaram. De acordo com Mirinda, a conversa para levantar o astral do elenco foi iniciada na última terça-feira. Além disso, o dirigente ressaltou que procurou ídolos do Tricolor do Arruda, como o ex-atacante Grafite, que atualmente é comentarista do Grupo Globo. O ex-camisa 23, no entanto, ainda não atendeu. Outro nome procurado foi o ex-zagueiro Ricardo Rocha, que atendeu e, segundo Mirinda, se comprometeu em falar com o elenco na próxima semana. 

"Os números apontam uma situação difícil que nos encontramos, mas digo sempre que o pessimista começa perdendo, eu sou otimista por natureza. Vamos rever essa situação se Deus permitir. Acredito que a equipe que está chegando junto, para tranquilizar esse plantel, mostrando que não há nenhum bicho papão do outro lado, que podemos buscar as vitórias e reverter esse quadro, vamos sair dessa situação. Essa torcida não merece esse sofrimento e angústia, mas vamos dar a volta por cima", completou.

Lanterna da Série C, o Santa Cruz vive uma grave crise na temporada e convive com um fantasma da Série D. Por conta desse péssimo momento, boa parte da torcida coral pede a renúncia do presidente Joaquim Bezerra e de sua direção. Ele, por sua vez, diz que não há nenhum motivo para deixar o comando do Tricolor do Arruda.

Parte de conselheiros, inclusive, estão se manifestando pedindo a renúncia do presidente Joaquim Bezerra. Sobre este movimento, aliás, o mandatário da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, se posicionou contrário a esse grupo e afirmou que essa movimentação é uma tentativa de golpe travestida de legalidade e que não terá o reconhecimento da FPF. 

Comentários

Últimas notícias