Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

OPINIÃO

Hernanes: líder sem estrelismo, maestro inquieto no meio campo do Sport

O meia, que aceitou todas as condições para jogar pelo clube rubro-negro, chama a atenção pelo seu futebol e atitudes surpreendentes

Marcelo Cavalcante
Marcelo Cavalcante
Publicado em 07/10/2021 às 10:46
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Hernanes se transforma no maestro inquieto que o Sport precisava - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Todo time de futebol precisa de uma estrela? Respondo rápido: nem sempre. Acredito que o conjunto deve se sobrepor ao estrelismo, ao individualismo. Principalmente em equipes de médio porte. O time precisa de ídolos. Que é bem diferente de ser estrela. O volante Hernanes foi a contratação surpreendente do Sport neste ano. Chegou com status de estrela.  E está com potencial para virar ídolo. Até pela forma como chegou na Ilha do Retiro: aceitou baixo salário só pela satisfação de jogar pelo clube. 

Tudo descrito acima é teoria. O melhor para o Sport é que Hernanes está colocando em prática. O Leão não ganhou apenas um bom jogador, mas também um torcedor. E não se trata de marketing - Embora já tenha virado cowboy em propaganda de TV.  Hernanes mostra-se um cara verdadeiro em campo. Nas vitórias do Sport sobre o Grêmio e Juventude, foi o maestro que o Leão estava precisando. O elo de transição da defesa para o meio campo com lucidez e qualidade. Soma-se a sua presença, o bom futebol apresentado por Zé Welisson e Everaldo, contra o Juventude.  Sem falar em Mikael "Patada Atômica" e Gustavo, esses dois pratas da casa que estão bem demais. 

Mas ver Hernanes jogando um bom futebol não é surpresa. O que está deixando a torcida de olhos arregalados são algumas de suas atitudes e postagens nas redes sociais. O banho de gelo foi algo cômico. E mais curiosa foi sua explicação. "Estava de cabeça quente". O vídeo ainda falou em tapa na cara, ovelha e leão (com direito a rugidos) e promessa de que vai se acalmar nos próximos jogos. Prato cheio para bombar nas redes sociais.  Expressando-se de forma calma, Hernanes parece estar em outra rotação.  Buscando a paz necessária para esquecer que foi agredido, recebeu terceiro amarelo e desfalca o Sport contra o Corinthians. Desfalque de peso. 

Hernanes, em pouco tempo de Ilha do Retiro, já ganha identificação com o clube. Até pelo momento que o clube vive, não pediu para ir embora, nem usou chinelinho nos jogos. Pelo contrário, cresceu. Chamou a responsabilidade, liderou a equipe em campo. O Sport precisava de um líder assim. 

VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE O SPORT

Comentários

Últimas notícias