Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

MERCADO EUROPEU

Neymar e Messi podem sofrer impacto com possível queda de Solskjaer; entenda o caso

O treinador do Manchester United vive uma péssima fase no clube, principalmente depois da derrota para o Liverpool.

Manuel Dias
Manuel Dias
Publicado em 27/10/2021 às 13:22
Notícia
ALAIN JOCARD / AFP
Messi e Neymar entraram para a história do Barcelona com gols e títulos importantes. - FOTO: ALAIN JOCARD / AFP
Leitura:

O Manchester United não vive bons momentos com o atual treinador, Ole Gunnar Solskjaer, isso porque o time não está realizando boas partidas, além de sofrer uma goleada história para o rival Liverpool, por 5x0, na Premier League. Com isso, alguns nomes estão surgindo para uma possível demissão do comandante, como o de Mauricio Pochettino - do PSG - que pode impactar diretamente craques do time francês como Neymar, Messi e Mbappé.

De acordo com o diário ''Daily Star'', o técnico do Paris Saint-Germain é o principal nome para assumir a equipe inglesa. Além disso, a avaliação do técnico do Manchester United passou pelo maior ídolo do time, o ex-treinador Sir Alex Ferguson.

> Polêmica! Vídeo flagra momento em que CR7 supostamente ironiza o técnico do United; veja o vídeo

> Zidane define seu futuro no Manchester United; confira

> Técnico do Manchester United ''convoca'' craque do Flamengo; veja quem

Ainda de acordo com o jornal, Solskjaer era uma ponte do Manchester United entre Mourinho e Pochettino, porém os bons resultados com o time o levaram a mais tempo assumindo o clube.

O técnico argentino é visto com bons olhos pela diretoria dos Red Devils, porém - se Solskjaer for demitido - sua contratação não será tão fácil, isso porque tem contrato com o PSG até 2023. Com isso, o United terá que desembolsar uma boa quantia para levá-lo.

Siga o Blog do Torcedor no Facebook, no Instagram e no Twitter

Comentários

Últimas notícias