Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

FINANÇAS

Sem dinheiro? Presidente do Santa Cruz lista as fontes de receitas do clube para 2022

Sem as cotas referentes às Copas do Brasil e do Nordeste, o Santa Cruz terá que se virar financeiramente em 2022

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 14/12/2021 às 17:30 | Atualizado em 16/12/2021 às 11:46
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Missão de arrecadar recurso para a temporada será difícil, segundo o presidente do Santa Cruz, Joaquim Bezerra - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Sem Copa do Brasil, sem Copa do Nordeste e sem uma cota televisiva concreta para 2022, o Santa Cruz terá que se virá para adquirir recursos financeiros na próxima temporada. O Tricolor do Arruda terá apenas o Campeonato Pernambucano e a Série D do Brasileiro para disputar e, precisando ir bem nas duas competições, terá que manter um time competitivo se quiser seguir sonhando com a grandeza para os próximos anos.

>> Martelo batido? Joaquim Bezerra fala sobre situação de Jordan no Santa Cruz

>> Breno Calixto aciona Santa Cruz na justiça e cobra quase meio milhão de reais; Joaquim se posiciona

Em entrevista a Ralph de Carvalho, na Rádio Jornal, o presidente Joaquim Bezerra, do Santa Cruz, citou os meios que o clube terá para se sustentar em 2022. Entre os pontos mencionados, a principal fonte de renda é a Volt, nova fornecedora de materiais esportivos do Tricolor, que já antecipou uma parte da cota - cerca de R$ 1,5 milhão, segundo apurdo pelo Blog do Torcedor - e irá contar com outras parcelas para os próximos anos, além do valor convertido pelas vendas dos produtos.

"A Volt continua sendo uma fonte de receita para e clube e será em 2022. Nós estamos buscando patrocinadores para a camisa, estamos discutindo a questão dos direitos de transmissão dos jogos da Série D, sim. Porque não tem nenhuma televisão, mas nós podemos, pela Lei do Mandante, fazer a transmissão dos jogos do Santa Cruz. E a gente já está trabalhando nisso", complementou Joaquim.

>> Mercado do Santa Cruz: veja quem fica e quem sai do Tricolor para 2022

Fonte de renda fundamental para o Santa Cruz, o retorno aos estádios também foi mencionado pelo mandatário Coral. Historicamente, as arquibancadas do Arruda sempre foram uma força rentavel para o clube. Não seria diferente no atual momento, que conta com a grande necessidade do Santa Cruz fazer as pazes com o seu torcedor após temporada desastrosa em 2021.

"O que a gente tem é um planejamento que está sendo concluido até essa semana para ser apresentado apresentado ao Conselho Deliberativo do clube. É difícil? É. Vai ser difícil? Vai ser. Mas nós temos que continuar trabalhando", concluiu Joaquim Bezerra.

Antecipação da Volt

Em meio à oficialização da Volt como nova fornecedora esportiva do Santa Cruz, em novembro, o CEO do clube, Abdias Venceslau, falou do quando a marca foi fundamental para que o Tricolor diminuisse o rombo financeiro da temporada.

"A Volt tem sido um parceiro que se eu contasse, ninguém iria acreditar. A volt vem sendo uma parceira pra o Santa Cruz sem precedentes. A Volt fez antecipações já que vivemos um momento de extrema dificuldade. Se a gente deve dois meses, hoje, devíamos quatro”, ressaltou o diretor.

Diretor da Volt, Fernando Kleimmann afirmou que a antecipação foi feita de "forma controlada", justamente para que o Santa Cruz não ficasse escasso de recurso financeiro para as temporadas seguintes.

Comentários

Últimas notícias