Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

VESTIÁRIO

Festas, atritos e privilégios: PSG tem bastidores conturbados em 2021, diz jornal francês

A temporada do PSG começou como um conto de fadas, mas pode ter se tornado um pesadelo após chateações nos vestiários

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 21/12/2021 às 21:12
DIVULGAÇÃO/PSG
Mauricio Pochettino tem encontrado problemas fora de campo no elenco do PSG - FOTO: DIVULGAÇÃO/PSG
Leitura:

Repleto de estrelas como Neymar, Messi, Mbappé e Di Maria, o elenco do Paris Saint-Germain deveria trazer apenas uma dor de cabeça para o técnico Mauricio Pochettino: o de escalar a equipe titular. Mas não é só essa perturbação que o treinador tem sentido. Segundo o jornal francês L'Equipe, os vestiários do PSG têm sido permeado por diversos incômodos nessa primeira metade da temporada 2021/22.

>> Especulado fora do PSG, astro do time francês tem renovação bem encaminhada com o clube; veja quem

Entre os motivos que tornam os bastidores do clube parisiense um barril de pólvora, estão as tensões entre diferentes grupos de jogadores, conflitos sobre os privilégios uns dos outros, ausências sem justificativas, além de festas sem autorização. O jornal francês, inclusive, titulou a manchete do artigo como "Paris, segredos e ruídos", do francês "Paris, Secrets et Grincements", que faz um trocadilho com as iniciais do PSG.

 

REPRODUÇÃO
Capa do L'Equipe - REPRODUÇÃO

Atrito entre goleiros

Keylor Navas vinha de uma ótima temporada com o PSG, inclusive elogiado pelo próprio Pochettino, que não reinvidicou a vinda da estrela em ascenção Gianluigi Donnarumma, recém-campeão da Eurocopa com a Itália. Segundo o L'Equipe, Navas teria aceitado a vinda do colega de posição e firmou um pacto com o italiano para disputar a titularidade.

Pochetinno, entretanto, optou por fazer rodízio, dando sequência de duas a três partidas para cada arqueiro. O entorno de Donnarumma questionou a política do técnico, enquanto o empresário do atleta, Mino Raiola, expressou em entrevista à RAI que "tudo será decidido em favor" do italiano.

"Não sei se esta situação se tornou um problema, mas todos sabem como essa história acaba. Tudo será decidido em favor de Gianluigi", disse.

Em outro momento, em jogo diante do Nice, na Ligue 1, o goleiro Bulka - goleiro do PSG emprestado para o Nice - foi cumprimentar Navas destacando que os dois usavam a mesma marca de luvas (Sells). Bulka olhou para Donnarumma e disse: "Os melhores goleiros do mundo carregam esta marca." O italiano, que usa Adidas, deu por vencido.

Divisão de grupos afasta renovação de Mbappé

O L'Equipe também fala da divisão entre grupos no elenco em atletas franceses e atletas sul-americanos com "agregados", como o alemão Draxler e holandês Wijnaldum. Divisão essa que, inclusive, pode desbalancear a relação de Kylian Mbappé com o grupo, afastando achance de renovação do atleta com o PSG.

>> Mbappé no PSG até 2050? Companheiros de time realizam brincadeira com astro francês; confira

A permanência do atacante no PSG ainda está fora de realidade, visto que o atleta deseja partir para o Real Madrid podendo assinar um pré-contrato já em janeiro.

Temor por Neymar

Um dos principais jogadores do PSG, Neymar também foi citado pelo artigo do jornal francês. O atleta esteve envolvido em episódio que quase gerou uma severa punição a ele. Segundo o L'Equipe, o camisa 10 faltou a um compromisso obrigatório promovido por um dos patrocinadores do time.

>> Messi pode vestir a camisa 10 do PSG e o motivo não é Neymar; entenda

A punição acabou dando em nada por conta do medo do clube em ter algum vazamento. O motivo do falta foi que Neymar não sabia se devia ou não fazer o teste de Covid pela manhã, ficando irritado com o acontecido.

Festa permitida?

O artigo cita que dois jogadores sul-americanos - sem nomes revelados - apareceram no clube pela manhã sem condições de treinar após noitada de festa. Outra ocasião que gerou irritação na direção do PSG foi a festa pós-Bola de Ouro de Lionel Messi. O argentino reservou um clube seleto na Cidade da Luz para celebrar seu prêmio com diversos jogadores do clube.

>> Messi, Cristiano Ronaldo ou Mbappé! Quem atingiu os 23 anos com melhores números?

No dia seguinte, Messi e o também argentino Leandro Paredes não participaram do treinamento por causa de uma gastroenterite, segundo informe do PSG.

Icardi e Wanda

Assunto que foi bastante repercutido na mídia nos últimos meses, a suposta traição de Mauro Icardi a sua esposa Wanda Nara também balançou os bastidores do PSG. O atacante argentino pediu ao clube uma folga de três dias para tentar colocar seu casamento em ordem após pedido de divórcio de Wanda.

O clube concedeu, assim causando inquietação no vestiário, que aumentou ainda mais quando o Icardi recebeu permissão do PSG para voar para a Itália para tentar reconquistar sua esposa.

Comentários

Últimas notícias