Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol do Brasil e do mundo, basquete, NFL e todos os esportes
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, futebol nacional e internacional. Basquete, NFL, Fórmula 1 e todos os esportes Com análise, interatividade e opinião

Games

Nobru: Neymar do Free Fire? Conheça a estrela gamer que arrasta milhões

Jovem de 21 anos já foi eleito melhor do mundo no game que é sucesso entre os brasileiros

Victor Peixoto
Victor Peixoto
Publicado em 05/01/2022 às 9:04
REPRODUÇÃO / INSTAGRAM
Nobru foi eleito o melhor jogador de Free Fire do mundo no ano de 2019 - FOTO: REPRODUÇÃO / INSTAGRAM
Leitura:

Bruno Goes, mais conhecido como Nobru, chamou a atenção após gastar mais de R$ 40 mil em hospedagem durante sua estadia em Fernando de Noronha para passar o Réveillon, mas, o jovem de 21 anos chama a atenção mesmo jogando vídeo game, onde arrasta milhões de seguidores e em premiações. 

Boa escolha? Bahia já definiu o novo "substituto" de Gilberto para 2022; veja quem

Vasco contrata ex-Santa Cruz para ser o substituto de Germán Cano em 2022; saiba quem é

Nobru é craque no Free Fire, game para dispositivos mobile produzido pela Garena, e que se trata de um "jogo de tiro em terceira pessoa" focado na sobrevivência. 50 jogadores saltam de paraquedas em um ilha e tem 10 minutos para fugir do gás venenoso que reduz o "espaço jogável" e derrotar seus adversários até restar apenas um, que será declarado vencedor. 

O game lançado em 2017, soma mais de 1 bilhão de downloads na Google Play Store e registrou, segundo relatório da própria produtora do jogo, mais de 150 milhões de jogadores ativos diariamente no segundo semestre de 2021. Números que ajudam a entender a dimensão de Nobru, eleito o melhor jogador do mundo durante o World Series de 2019, o campeonato mundial de Free Fire, quando atuava pelo Corinthians.

Além desse título, Nobru também conquistou a Pro League Brasil Season 3 e vários prêmios individuais, além de acumular quase 13 milhões de seguidores no Instagram, 3,6 milhões de seguidores na Twicth e mais de 13 milhões de inscritos no YouTube, números que explicam a sua presença numa seleta lista "under 30" da Forbes Brasil que mostrou jovens com menos de 30 anos que se destacaram no ano. Segundo estimativas, o jovem de 21 anos fatura algo em torno de R$ 2 milhões mensais com contratos e patrocínios, além das subscrições e visualizações nos seus canais do YouTube e da Twitch. Sua vida financeira é gerenciada pelo pai.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Bruno Goes ???? (@nobrutv)

Tabela de hoje da Copinha: onde assistir ao vivo os jogos de 5 de janeiro

Atualmente Nobru atua pelo Fluxo, time criado por ele mesmo em parceria com o também streamer e brasileiro Cerol. A equipe recém-fundada conquistou feitos importantes em 2021, primeiro ano de sua existência, levando o 4º lugar no Free Fire World Series 2021, disputado em Singapura e sendo campeão da quarta temporada da Liga Brasileira de Free Fire – Série A.

A sede da equipe fica é uma mansão avaliada em R$ 8 milhões localizada no município de Arujá, em São Paulo e conta com cinco suítes, sendo uma master, 11 vagas de estacionamento, piscina, churrasqueira, quadra e muitos outros recursos espalhados por 2.040 m², sendo 900 m² de área construída.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Fluxo (@fluxogg)

Começo e nickname de Nobru

Nobru nada mais é que a inversão das sílabas do nome Bruno. A escolha se deu pelo fato do jogador se incomodar com a alta quantidade usuários com o mesmo nome e que decidiu fazer a inversão para ter mais destaque e facilidade na hora de ser identificado. No início, Nobru jogava apenas no celular de seu pai e tinha que "fugir pra casa da avó" para não ter sua jogatina interrompida, já que o pai, à época desempregado, precisava do aparelho para enviar currículos em busca de emprego.

Nobru sonhava em ser jogador de futebol e não conseguiu cursar a universidade

Filho de pais humildes e criado na região de Campo Limpo, em São Paulo, Nobru alimentava um sonho compartilhado por muitos outros jovens do Brasil, desta época e de outras, o de ser jogador de futebol. Durante a adolescência, Nobru fez testes em várias equipes do futebol paulista, mas nunca obteve sucesso em ser aprovado. Quis o destino que, um ano após desistir de jogar futebol profissionalmente, ele defenderia o Corinthians, time do seu coração e por onde, como citado acima, conquistou títulos importantes.

Nobru também tentou o caminho mais "tradicional", foi aprovado numa bolsa parcial para cursar a Análise de Sistema, mas teve que desistir devido à falta de recursos da família para arcar com os R$ 800,00 da mensalidade.

 

 

Comentários

Últimas notícias