CRIME

'Gatinha da Cracolândia': Jovem de 19 anos levava vida de luxo como líder do tráfico de drogas, segundo delegado

Lorraine foi presa na cidade de Barueri, na casa do namorado, e admitiu o envolvimento com o crime

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 23/07/2021 às 10:14
Notícia
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Jovem foi presa nesta quinta-feira (22) - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

A jovem Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, foi presa na quinta-feira (22) suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, em São Paulo. A jovem é conhecida como “Gatinha da Cracolândia” e vivia uma vida de luxo sustentada pelo crime. Lorraine foi presa na cidade de Barueri, na casa do namorado, e admitiu o envolvimento com o tráfico.

>> Operação da Polícia Civil mira organização suspeita de tráfico de drogas no Agreste de Pernambuco

>> Preso por tráfico no Recife, homem confessa ter matado o pai, comissário da polícia

Segundo informações da polícia, a jovem apareceu em relatórios investigativos comercializando crack dentro de tendas de usuários de drogas na Cracolândia. De acordo com o delegado do caso, Roberto Monteiro, Lorraine Cutier comandava as vendas. "Ela agia como liderança do tráfico. Nós temos em cada tenda [na Cracolândia] em média dez mesas, que são alugadas de outros traficantes. E ela era líder de um desses segmentos, substituindo seu companheiro, que está preso também por tráfico”, afirmou o delegado Roberto Monteiro ao portal G1.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Jovem costumava postar muitas fotos nas redes sociais - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM


Nas redes sociais, a mulher exibia uma vida de muito luxo e acumulava, até a noite dessa quinta-feira (22), 39 mil seguidores no Instagram. “Ela ostenta um nível de vida alto, e tudo isso proveniente do tráfico de drogas", confirmou Roberto Monteiro. 

>> Quem era Hello Kitty, traficante assassinada no Rio de Janeiro?


Prisão

Lorraine Cutier foi presa por uma equipe do 77º Distrito Policial. Segundo os agentes, ela admitiu o envolvimento com o tráfico e indicou o local onde armazenava as drogas. No imóvel indicado - um prédio na rua Helvétia, na Cracolândia - foi encontrada uma mochila com 85 porções de maconha, 295 de cocaína e oito de crack. Além de 97 frascos de lança-perfume e 16 comprimidos de ecstasy e R$ 750 em dinheiro.

POLÍCIA CIVIL DE SP
Jovem indicou aos policiais o local onde drogas estavam armazenadas - POLÍCIA CIVIL DE SP


Além da comercialização nas tendas, a jovem também ajudava a abastecer os hotéis, onde escondia as drogas. De acordo com a polícia, o responsável pelo hotel em que as drogas foram encontradas seria conduzido à delegacia.

Depois de detida, Lorraine Cutier seria submetida a exame de corpo de delito e levada para o 89º DP. A advogada de Lorraine, Ana Paula Soares, ainda não se posicionou sobre o caso e afirmou que quando tiver acesso ao processo, se posicionará.

POLÍCIA CIVIL DE SP
Jovem indicou aos policiais o local onde drogas estavam armazenadas - FOTO:POLÍCIA CIVIL DE SP
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Jovem costumava postar muitas fotos nas redes sociais - FOTO:REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Comentários

Últimas notícias