São Paulo

Quem é a 'Gatinha da Cracolândia'? Jovem de 19 anos que levava vida de luxo e foi presa em São Paulo

Conhecida como "Gatinha da Cracolândia", a jovem vivia uma vida de luxo sustentada pelo crime e contava com 39 mil seguidores no Instagram

Giovanna Torreão Julianna Valença
Giovanna Torreão
Julianna Valença
Publicado em 23/07/2021 às 14:51
Notícia
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Jovem foi presa nesta quinta-feira (22) - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

A jovem Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, foi presa suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, em São Paulo, no dia 22 de julho. Conhecida como “Gatinha da Cracolândia”, a jovem vivia uma vida de luxo sustentada pelo crime. Lorraine foi presa na casa do namorado, na cidade de Barueri, e teria admitiu o envolvimento com o tráfico.

>> Operação da Polícia Civil mira organização suspeita de tráfico de drogas no Agreste de Pernambuco

>> Preso por tráfico no Recife, homem confessa ter matado o pai, comissário da polícia

De acordo com a Polícia, a “Gatinha da Cracolândia” apareceu em relatórios investigativos como sendo responsável por comercializar crack dentro de tendas de usuários de drogas na Cracolândia. Delegado do caso, Roberto Monteiro revelou que Lorraine Cutier comandava as vendas. "Ela agia como liderança do tráfico. Nós temos em cada tenda [na Cracolândia] em média dez mesas, que são alugadas de outros traficantes. E ela era líder de um desses segmentos, substituindo seu companheiro, que está preso também por tráfico”, explicou o delegado Roberto Monteiro ao portal G1.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Jovem costumava postar muitas fotos nas redes sociais - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM


Nas redes sociais, a jovem de 19 anos exibia uma vida de muito luxo e acumulava, até a noite dessa quinta-feira (22), 39 mil seguidores no Instagram. “Ela ostenta um nível de vida alto, e tudo isso proveniente do tráfico de drogas", confirmou Roberto Monteiro. 

>> Quem era Hello Kitty, traficante assassinada no Rio de Janeiro?


Prisão

Lorraine Cutier foi presa na quinta por uma equipe do 77º Distrito Policial. De acordo com os agentes, ela admitiu o envolvimento com o tráfico e indicou o local onde armazenava as drogas. No imóvel indicado - um prédio na Rua Helvétia, na Cracolândia - foi encontrada uma mochila com 85 porções de maconha, 295 de cocaína e oito de crack. Além de 97 frascos de lança-perfume e 16 comprimidos de ecstasy e R$ 750 em dinheiro.

POLÍCIA CIVIL DE SP
Jovem indicou aos policiais o local onde drogas estavam armazenadas - POLÍCIA CIVIL DE SP


Além da comercialização nas tendas, a “Gatinha da Cracolândia” também ajudava a abastecer os hotéis, onde escondia as drogas. Ainda segundo a polícia, o responsável pelo hotel em que as drogas foram encontradas seria conduzido à delegacia.

Depois de detida, Lorraine Cutier seria submetida a exame de corpo de delito e levada para o 89º DP. A advogada de Lorraine, Ana Paula Soares, ainda não se posicionou sobre o caso e afirmou que quando tiver acesso ao processo, se posicionará.

Reprodução / Redes Sociais
Na casa da traficante, a polícia apreendeu mais de 400 porções de crack, cocaína, maconha e ecstasy, além de quase 100 frascos de lança-perfume - Reprodução / Redes Sociais

Reprodução / Redes Sociais
Na casa da traficante, a polícia apreendeu mais de 400 porções de crack, cocaína, maconha e ecstasy, além de quase 100 frascos de lança-perfume - FOTO:Reprodução / Redes Sociais
REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Jovem costumava postar muitas fotos nas redes sociais - FOTO:REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
POLÍCIA CIVIL DE SP
Jovem indicou aos policiais o local onde drogas estavam armazenadas - FOTO:POLÍCIA CIVIL DE SP

Comentários

Últimas notícias