SAÚDE

"Aliviados": Pai comemora evolução do estado de saúde do jornalista Gabriel Luiz

O repórter da TV Globo em Brasília Gabriel Luiz, de 28 anos, foi vítima de uma tentativa de latrocínio

Katarina Moraes
Cadastrado por
Katarina Moraes
Publicado em 16/04/2022 às 10:34 | Atualizado em 16/04/2022 às 10:35
Reprodução/Internet
O jornalista Gabriel Luiz - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

Com informações da agência Estadão Conteúdo

O servidor público e pai do jornalista Gabriel Luiz, Wilton Luiz Araújo, apontou evolução no quadro clínico do filho, que foi esfaqueado em uma tentativa de latrocínio nessa quinta-feira (14). A entrevista foi dada ao Correio Braziliense.

Ainda, comentou estar aliviado com a prisão de dois suspeitos de ter cometido o crime, que confessaram que seguiram Gabriel com a intenção de assaltá-lo.

"Estamos bem aliviados. Satisfeitos com a ação da Polícia Civil, que atuou com rapidez e prendeu os dois bandidos. A polícia desempenhou muito bem sua função, com muita eficácia". "Não creio que houve mudança de postura da polícia por conta da repercussão do caso", completou.

Wilton disse não ter tido contato com os presos, e que não pode dar maiores informações para não comprometer as investigações.

Ainda ao Correio, respondeu que não pôde conversar com o filho, por conta da intubação e da sedação. "Estamos ainda mais aliviados porque o tratamento está dando certo. Se Deus quiser, ele estará conosco em breve."

Caso

O crime ocorreu por volta das 23h de quinta-feira, 14, na região do Sudoeste. A análise das imagens permitiu identificar que dois indivíduos haviam atacado Gabriel. A Polícia, então, encontrou a faca usada no crime, assim como o celular e a carteira da vítima.

Ainda na noite de quinta, Gabriel foi internado no Hospital de Base do Distrito Federal. Na sexta, ele foi transferido para um hospital particular. Seu estado é grave, mas estável. Os delegados classificaram o crime como "brutal", mas atribuíram a violência ao uso de drogas pelos autores.

"Um dos indivíduos deu um mata leão na vítima, enquanto o outro desferiu diversas facadas. Enquanto um estava dando as facadas, o outro conseguiu subtrair a carteira e o celular", disse o delegado Ranquetat. De acordo com ele, os suspeitos disseram que descartaram o celular da vítima por temerem ser localizados por GPS.

Gabriel foi atingido no abdômen, na perna, no tórax, no pescoço e no braço. Ele foi socorrido após pedir ajuda a vizinhos e deu entrada no hospital consciente. Nesta manhã, parentes e amigos do jornalista informaram que ele passou por cirurgias durante a madrugada e o início da manhã e todas foram bem sucedidas.

Comentários

Últimas notícias