Protesto

Manifestantes do Movimento Ocupe Estelita se acorrentam a mastros na frente da Prefeitura do Recife

Coletivo reivindica que a reunião do CDU, marcada para acontecer nesta terça-feira, seja cancelada

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 21/12/2015 às 18:31
Foto: Direitos Urbanos/ Reprodução
Coletivo reivindica que a reunião do CDU, marcada para acontecer nesta terça-feira, seja cancelada - FOTO: Foto: Direitos Urbanos/ Reprodução
Leitura:

Manifestantes do Movimento Ocupe Estelita se acorrentaram na tarde desta segunda-feira (21) aos mastros das bandeiras localizados em frente a Prefeitura do Recife. O grupo contrário ao projeto Novo Recife reivindica que a reunião do Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU), marcada para acontecer nesta terça-feira (22), seja cancelada. 

De acordo com o coletivo, o projeto confronta não só o descontentamento da população da cidade, mas também a Polícia Federal, a Justiça Federal e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), órgãos que já encontraram várias irregularidades no projeto.

Para o secretario de Mobilidade e Controle Urbano, João Braga, não há motivo para cancelamento da reunião, visto que existem outras pautas a serem abordadas. “A reunião foi convocada há mais de um mês. Primeiro pro dia 18 e postergada para o dia 22, amanhã. Na ocasião, ambém haverá apresentação das ações mitigadoras do projeto no Jiquiá”, disse. Ainda de acordo com o secretário, todo o conteúdo discutido pelo CDU é disponibilizado no site da secretaria. “Disponibilizamos no site da forma mais democrática possível”, pontuou. 

O CDU é a instância máxima de participação popular e controle social na gestão da política urbana do Recife, sendo composta por 30 conselheiros de diversas entidades representativas. Além do poder deliberativo, o conselho é responsável por atribuições de planejamento da cidade a longo prazo e revisão da legislação urbanística. Entre as suas finalidades está a de analisar empreendimentos de impacto socioambiental. 

Últimas notícias