Católicos acompanham Via Sacra no Centro do Recife

Tempo fechado não assustou fiéis da 16ª edição da Via Sacra da Fraternidade

Da Editoria de Cidades
Da Editoria de Cidades
Publicado em 23/03/2016 às 11:37
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Centenas de fiéis lembraram o caminho que Jesus percorreu até o seu sepulcro na 16ª edição da Via Sacra da Fraternidade, que circulou  nas ruas do Centro do Recife, na manhã desta quarta-feira (23).

Mesmo com o tempo fechado no início da manhã, desde as 6h muitos católicos já se reuniam no Pátio de São Pedro, de onde saiu a caminhada, que passou por locais como a Igreja Conceição dos Militares, em reforma na Rua Nova, a Igreja Rosário dos Homens Pretos, também no bairro de Santo Antônio, e pela Praça da Independência.

A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) auxiliou os fiéis na caminhada organizando o trânsito. A Avenida Dantas Barreto foi bloqueada por três vezes para que a procissão passasse.

Os fiéis se revezavam carregando uma grande cruz de cerca de 100 kg por 14 pontos que lembravam os 14 momentos passados por Cristo até a sua morte. Em cada parada, uma oração e uma reflexão sobre temas atuais da humanidade eram feitos. “Tivemos oportunidade de falar sobre assuntos diversos, como o aborto, os menores de ruas e a população carcerária”, afirma o organizador do evento, Padre João Carlos, que se disse satisfeito com a quantidade de fiéis que enfrentaram a chuva, e, em seguida, o sol forte para chegar até a Basílica do Carmo, onde foi celebrada a Santa Missa, pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido.

Últimas notícias