chuva

Chuva deve diminuir nesta quinta-feira, diz Apac

Previsão é de chuva fraca a moderada para a Região Metropolitana e a Zona da Mata

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 24/07/2019 às 17:06
Foto: Cortesia
FOTO: Foto: Cortesia
Leitura:

O Recife registrou, nas últimas 24 horas, o equivalente a 15 dias de chuva. Entretanto, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) informou que os modelos atmosféricos indicam estabilidade. Isso significa que nas próximas 24 horas as chuvas devem diminuir. 

A previsão do tempo para esta quinta-feira (25) é de chuva fraca a moderada na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata, alem de chuva fraca no Agreste e no Sertão.

Veja a previsão

A Apac informou também que, nas últimas 24 horas, o município de Goiana, no Grande Recife, registrou maior precipitação, com 113 mm, enquanto o Recife registrou 39 mm e São Lourenço da Mata, também na Região Metropolitana, 34 mm. 

>>> Em 19 anos, deslizamentos causaram mais de 30 mortes no Recife

Já entre os municípios da Zona da Mata, nas últimas 12 horas, Timbaúba foi o que teve mais chuva, com 38 mm de precipitação, seguido de São Benedito do Sul com 30 mm, Belém de Maria com 28 mm, e Catende com 22 mm.

As chuvas que atingem o Grande Recife são decorrentes de um canal de umidade formado por um sistema frontal, que adentrou o estado e continua persistente. Segundo a Apac as chuvas derivadas deste evento tiveram início na noite da última terça-feira (23) e se concentraram na madrugada desta quarta-feira (24), com maior incidência sobre a Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata. 

Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Barreira desliza em Caetés I, matando quatro pessoas. Uma ainda está desaparecida. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Trabalho dos bombeiros após de deslizamento de barreira, em Caetés I, no município de Abreu e Lima. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Bombeiros trabalham na remoção dos corpos após deslizamento de barreira, em Caetés I. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Barreira desliza em Caetés I. Quatro pessoas morreram e uma está desaparecida. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Nova Descoberta. - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Nova Descoberta. - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Barreira desliza em Nova Descoberta. Nenhuma morte foi registrada. - Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Queda de barrera deixa dois idosos mortos, no bairro de Passarinho, na Zona Norte do Recife. - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Dois idosos morrem após queda de barreira, no bairro de Passarinho, na Zona Norte do Recife. - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Queda de barreira no bairro de Passarinho, na Zona Norte do Recife. - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Pontos de alagamento no bairro de Dois Unidos. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Carros e pedestres enfrentam alagamento no bairro de Dois Unidos, Zona Norte do Recife. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Lixo se acumula em canal no bairro de Dois Unidos. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Trânsito na BR-101, próximo ao Centro de Treinamento do Náutico. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Pontos de alagamento na PE-15, em Olinda. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Um carro caiu em um buraco na PE-15, em Olinda. - Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Carro que caiu em um buraco na PE-15, em Olinda. -
Carro que caiu em um buraco na PE-15, em Olinda. -
Carro que caiu em um buraco na PE-15, em Olinda. -
Foto: Cortesia
Estrada da Batalha, Jaboatão dos Guararapes, na RMR - Foto: Cortesia
Foto: Cortesia
Terminal Integrado Recife, no centro da cidade - Foto: Cortesia
Foto: Bruno Campos/TV Jornal
Av. Cruz Cabugá, em Santo Amaro, área central do Recife - Foto: Bruno Campos/TV Jornal
Foto: Cortesia
Cidade Tabajara, na cidade de Olinda - Foto: Cortesia
Foto: Cortesia
Bairro Jardim Atlântico, na cidade de Olinda - Foto: Cortesia
Foto: Marcelo Aprígio/JC Online
Avenida Sul, no bairro do Cabanga, Zona Sul do Recife - Foto: Marcelo Aprígio/JC Online
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
Deslizamento de barreira em Caetés I, no município de Abreu e Lima - Foto: Leo Motta/JC Imagem

Situação dos rios

As chuvas também colocam a população ribeirinha em alerta, já que os níveis dos rios podem subir. Segundo a Apac, a situação dos rios é a seguinte: 

Rio Capibaribe

No município de Lourenço da Mata, o nível do rio está descendo, mas encontra-se ainda em atenção. Atualmente, está aproximadamente 16cm acima da cota de alerta. No município de Paudalho, o nível subiu e estabilizou, enquanto em Toritama, Limoeiro e Vitória de Santo Antão os níveis estão estáveis

Bacia do Goiana - Rios Siriji, Tracunhaém e Capibaribe Mirim

O nível do Rio Tracunhaém está subindo e faltam 22 cm para atingir a cora de inundação em Nazaré da Mata.

No Rio Capibaribe Mirim, permanece a cota de alerta, apesar de o nível estar a aproximadamente 2 cm da cota de inundação e descendo.

O Rio Siriji encontra-se estável, 66 cm acima da cota de alerta e com tendência a descer lentamente.

Bacia do Ipojuca

O Rio Ipojuca encontra-se estável nas estações de Caruaru, Gravatá e Engenho das Tabocas.

Rio Jaboatão

O Rio Jaboatão, no município de Moreno, encontra-se estável.

Bacia do Mundaú

O Rio Inhumas está estável na estação Palmerina e o Rio Canhotinho também encontra-se estável.

Bacia do Sirinhaém

O Rio Amaraji encontra-se estável na estação Amaraji, enquanto na estação Ribeirão, o nível está descendo e na estação Joaquim Nabuco subiu, mas encontra-se
estável.

Bacia do Una

O Rio Pirangi na estação de São Benedito do Sul está 11 cm acima da cota de alerta, enquanto em Catende encontre-se estável.
O Rio Panelas, na estação Belém de Maria, também encontra-se estável.
Já o nível do Rio Una, na estação Barreiros, está subindo, mas permanece distante da cota de alerta. Nas estações Batateiras, Palmares e Cachoeirinha o nível do rio também é estável.

Ressaca

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), informou que devido à persistência de um sistema de alta pressão atmosférica, há condições favoráveis à ocorrência de ressaca, com ondas de direção Sudeste a Leste, com altura entre 2,5 e 3,0 metros entre o litoral dos estados da Bahia, ao norte de Ilhéus (BA) e do Rio Grande do Norte, ao sul de Touros (RN), até a manhã da sexta-feira (26).

A Capitania dos Portos de Pernambuco (CPPE) recomenda que as embarcações de pequeno e médio porte evitem navegar no mar estes dias, e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

A CPPE informa também que mantém um plantão 24 horas para atender emergências marítimas e fluviais no telefone 185 e para denúncias no telefone (81) 3424-7111.

Últimas notícias