segurança

Compaz recebe prêmio nacional que valoriza luta contra a desigualdade social

Prefeitura do Recife confirmou que em março de 2020 mais duas unidades do Compaz serão entregues à população

JC Online
JC Online
Publicado em 31/10/2019 às 16:16
Notícia
Foto: Bobby Fabisack/ JC Imagem
Prefeitura do Recife confirmou que em março de 2020 mais duas unidades do Compaz serão entregues à população - FOTO: Foto: Bobby Fabisack/ JC Imagem
Leitura:

O Centro Comunitário da Paz (Compaz) foi reconhecido com o prêmio Cidades Sustentáveis como a principal iniciativa contra desigualdade social do Brasil. Nesta quinta-feira (31), o Compaz Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha, na Zona Norte do Recife, o primeiro dos equipamentos, recebeu um troféu comemorativo, réplica do original entregue em São Paulo, em setembro deste ano, pela Oxfam à Prefeitura do Recife. 

De acordo com o secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti, o município vai entregar mais dois projetos até o dia 20 de março - o Compaz Miguel Arraes, na Avenida Caxangá, Zona Oeste, e o Dom Hélder Câmara, no Coque, área central. Na Avenida Abdias de Carvalho, no Cordeiro, opera o Ariano Suassuna. Com esse, a cidade terá ao menos quatro instalações em 2020.

O secretário classifica a iniciativa como uma “fábrica de cidadania”. “A gente trata de educação, cultura, esporte, lazer, e para quem mais precisa, quem está na periferia da cidade, pessoas que foram esquecidas pelo setor público”, detalhou.

"Os números são muito positivos em todas as áreas"

Para o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), o Compaz é um exemplo de política pública feita em parceria com a população. “Os números são muito positivos em todas as áreas, na educação, nos resultados, na questão da saúde, sobretudo na prevenção à violência. Os indicadores em todo entorno aqui melhoraram muito”, falou.

“Em desigualdade, a Oxfam é uma das entidades mais respeitadas do mundo”, disse o prefeito. “A gente fica muito feliz com o reconhecimento, e é um reconhecimento ao trabalho de todo mundo que trabalho aqui.”

Últimas notícias