Tragédia

Quatro dias após deslizamento, moradores de Dois Unidos continuam a reclamar de falta d'água

Compesa informou que clientes desabastecidos em Dois Unidos devem ligar para o 0800 e formalizar o pedido de carro-pipa

Da Editoria de Cidades
Da Editoria de Cidades
Publicado em 28/12/2019 às 20:00
Bruno Campos/JC Imagem
Compesa informou que clientes desabastecidos em Dois Unidos devem ligar para o 0800 e formalizar o pedido de carro-pipa - FOTO: Bruno Campos/JC Imagem
Leitura:

Moradores de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife, reclamam da irregularidade no abastecimento de água no bairro, desde o último dia 24, quando houve deslizamento de barreira que causou a morte de sete pessoas. Segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), através da assessoria de comunicação, a área onde ocorreu o acidente permanece com o abastecimento suspenso, mas outras áreas do bairro estão sem falta de água desde o dia 25.

Ainda assim, o órgão informou que clientes com ligação regular de água que estão desabastecidos devem ligar para o 0800 0810195 e formalizar o pedido de carro-pipa.

Perícia 

Na manhã deste sábado (28), foi realizada uma perícia na área do deslizamento da barreira. O trabalho foi realizado pelo Instituto de Criminalística, e o resultado do material será divulgado em aproximadamente 15 dias.

Na perícia, foram coletadas amostras do solo e subsolo do terreno. “O material foi recolhido de diferentes localidades e de cima para baixo, tendo como padrão os canos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). As amostras servem para identificar o teor de umidade, coloração do solo e outras condições”, explica o perito Héldo Souza.   

O corpo de bombeiros também estava no local e ajudou os peritos a escalarem a barreira para coleta de material. Segundo o perito Andre Amaral, que realizou rapel para coleta do barro, visualmente as amostras possuem diferenças de umidade, mas é necessário esperar o resultado da análise técnica e verificar a causa do deslizamento.

Véspera de Natal 

O deslizamento aconteceu na véspera do Natal e deixou sete pessoas mortas. No momento da tragédia não chovia na região e, por isso, acredita-se que o deslizamento aconteceu após o vazamento de um cano de água, por volta das 2h30, na Rua Bela Vista, no Córrego do Morcego, em Dois Unidos. Duas casas foram atingidas: uma completamente e outra parcialmente destruída.

Últimas notícias