Transtorno

Usuário aciona botão de emergência e paralisa trem do Metrô do Recife

A ação causou revolta dos usuários, que foram obrigados a descer e caminhar na chuva até a estação mais próxima

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 03/07/2019 às 9:28
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
A ação causou revolta dos usuários, que foram obrigados a descer e caminhar na chuva até a estação mais próxima - FOTO: Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Um trem da Linha Sul do Metrô do Recife teve o sistema paralisado e passageiros tiveram que caminhar pelos trilhos, nas imediações da Estação de Joana Bezerra, na manhã desta quarta-feira (3). Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos do Recife (CBTU), o trem parou após um passageiro acionar o botão de emergência do veículo.

A ação causou revolta dos usuários, que foram obrigados a descer e caminhar na chuva até a estação mais próxima. De acordo com a CBTU, o maquinista foi ao vagão destravar o botão, mas alguns passageiros já tinham descido à via.

Com isso, o órgão informou que os trens precisaram operar em velocidade reduzida. No momento, a CBTU afirma que todo o sistema voltou a funcionar normalmente.

Passagem mais cara

A partir do domingo (7), a passagem do Metrô do Recife ficará mais cara e passará de R$ 2,10 a R$ 2,60. Esse é o segundo de seis aumentos previstos até março de 2020, quando o bilhete custará R$ 4.

As datas e os valores dos próximos aumentos são: de setembro a 31 de outubro deste ano, o usuário terá que desembolsar R$ 3; De 3 de novembro a 31 de dezembro, o tíquete passará a ser R$ 3,40; no penúltimo aumento, que ocorre de 5 de janeiro a 28 de fevereiro de 2020, o valor será de R$ 3,70. No dia 7 de março a 30 de abril, haverá o último reajuste que terá o valor de R$ 4.

Últimas notícias