Busca

Menina raptada pelo pai tem nome adicionado a banco de dados da Polícia Federal e está impedida de deixar o país

A família da menina está fazendo uma campanha nas redes sociais para tentar encontrar a criança

JC Online
JC Online
Publicado em 19/07/2016 às 17:33
Foto: Divulgação
A família da menina está fazendo uma campanha nas redes sociais para tentar encontrar a criança - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A pequena Julia Cavalcanti Alencar, de 1 ano e 9 meses, que foi raptada pelo pai, teve o nome adicionado a um banco de dados da Polícia Federal (PF) e está impedida de deixar o Brasil através de aeroportos e portos do país.  De acordo com a PF, até está terça-feira (19)  não houve registro de saída da menor do país.

Caso seja detectado, nos locais que estão sob fiscalização da Polícia Federal, a tentativa de saída da  criança, Julia devolvida à família e o pai apreendido, conforme conta no Mandado de Busca e Apreensão de Caráter Itinerante. 

A família da menina está fazendo uma campanha nas redes sociais para tentar encontrar a criança que foi raptada pelo pai no dia 10 de julho.  


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias