Desaparecimento de Júlia

Pai que raptou filha de 1 ano em Olinda costumava viajar pelo mundo inteiro

Janderson Rodrigo Salgado de Alencar postava regularmente fotos de vários lugares do mundo, incluindo países distantes como a Tailândia

JC Online
JC Online
Publicado em 19/07/2016 às 17:57
Foto: Divulgação
Janderson Rodrigo Salgado de Alencar postava regularmente fotos de vários lugares do mundo, incluindo países distantes como a Tailândia - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O pai acusado de raptar a menina Júlia Cavalcanti, de 1 ano e 9 meses, se mostrava uma pessoa que estava sempre viajando para o exterior. No período antrior ao mês de abril, Janderson Rodrigo Salgado de Alencar postou fotos mostrando diversas partes do mundo, incluindo lugares distantes do Brasil como a Tailândia, país localizado no dudeste asiático.

Numa campanha iniciada para encontrar Júlia, a família da menina postou uma foto de uma tatuagem do mapa mundi localizada nas costas de Janderson, para ajudar na identificação dele. O nome de Júlia foi adicionado a um banco de dados da Polícia Federal para impedir sua saída do país.

 

Desaparecida desde o dia 10 de julho, Júlia está sendo procurada desde que seu pai descumpriu uma ordem judicial de devolver a menina para sua mãe, Cláudia Rogéria Cavalcanti. A polícia afirmou que, antes do desaparecimento de Júlia, Janderson teria sacado uma quantia de R$ 400 mil reais no início do mês, o que inidicaria que ele premeditou uma fuga. Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro da família pode entrar em contato com os familiares por meio dos números (81) 9.97529191 e (81) 9.9977.2143.

 

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias