Fuga

Quadrilha deixa carros queimados na praia após assalto a banco em Itamaracá

Suspeitos fugiram em embarcações após explodir agência da Caixa Econômica em Itamaracá

JC Online
JC Online
Publicado em 01/08/2017 às 10:29
Foto: Divulgação
FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A quadrilha que explodiu a agência da Caixa Econômica Federal da Ilha de Itamaracá na madrugada desta terça-feira (1º) teria queimado dois carros na Praia de Jaguaribe, antes de fugir em uma embarcação. Antes de fugir, os bandidos atiraram nos prédios da Prefeitura e da Polícia Civil. Em frente a este último também deixaram cerca de nove emulsões de explosivos, que, de acordo com a Polícia Federal, foram esquecidos na fuga.

Inicialmente, se pensava que haviam explodido o cofre, mas a PF esclareceu que a área interna da agência foi explodida e o cofre foi levado intacto pelos suspeitos. O valor levado não será divulgado. As investigações já começaram pela Polícia Civil e Federal e acredita-se que o assalto foi planejado, devido ao modus operandi.

Entenda o caso

Cerca de 10 homens invadiram a agência da Caixa Econômica Federal na madrugada desta terça-feira (1º) por volta das 2h. Para dificultar a perseguição policial, os suspeitos usaram uma motosserra para cortar árvores e colocar nas vias de acesso ao município e também espalharam grampos. Além disso, eles atiraram contra o prédio da Prefeitura de Itamaracá, a delegacia da cidade e viaturas da polícia. A agência da Caixa ficou completamente destruída, conforme pode ser visto no vídeo abaixo.

Duas pessoas ficaram feridas durante o assalto e foram levadas para o Hospital Miguel Arraes. Além das árvores e dos grampos, a quadrilha também usou uma ambulância para dificultar a ação da Polícia.

Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: Leo Motta/JC Imagem
- Foto: Leo Motta/JC Imagem
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: PF/Divulgação
- Foto: PF/Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
- Foto: Divulgação

Últimas notícias