TROCA DE TIROS

MPPB irá investigar mortes de oito suspeitos de assassinarem PM na Paraíba

Os oito suspeitos foram mortos na última terça-feira (2)

JC Online
JC Online
Publicado em 04/07/2019 às 18:30
Notícia
Foto: Nayara Vila/TV Jornal Interior
Os oito suspeitos foram mortos na última terça-feira (2) - FOTO: Foto: Nayara Vila/TV Jornal Interior
Leitura:

O Ministério Público da Paraíba instaurou um procedimento para apurar as mortes de oito suspeitos de matar um policial militar, em Santa Cruz do Capibaribe, na última segunda-feira (1°). Segundo informações da assessoria de comunicação do MPPB, o processo foi aberto nesta quinta-feira (4).

O procedimento foi aberto pelo promotor de Justiça de Cabaceiras, Ernani Lucas Menezes, que manteve contato com o comandante do Batalhão de Polícia Militar em Barra São Miguel. A Promotoria de Justiça e o Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial (NCap) irão analisar em conjunto as "condições em que ocorreu a operação que resultou na morte de oito suspeitos de envolvimento no crime que levou a óbito um policial militar, em Pernambuco".

Operação

Os oito suspeitos foram mortos durante um confronto com a Polícia Militar entre Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, na Paraíba, na última terça-feira (2). Segundo a PM, seis homens e duas mulheres vieram a óbito.

Entre os homens, está um vereador de Betânia, município no Sertão do Estado. Andson Berigue de Lima, 29 anos, estava armado e efetuou disparos contra os policiais de Pernambuco e da Paraíba, que atuaram de forma integrada.

A Polícia Militar de Pernambuco informou que as autoridades só usaram força policial após reação e disparos da quadrilha diante da voz de prisão. "Apesar de terem visto que o aparato policial era muito superior ao que eles tinham, ainda assim eles enfrentaram a força pública com extrema violência, então eles não estavam dispostos a se entregar", disse o tenente coronel Luiz Cláudio Brito, porta-voz da PM.

PM morre durante troca de tiros

Na última segunda-feira (1°), bandidos trocaram tiros com policiais militares do 24° Batalhão da Polícia Militar após assaltarem uma casa lotérica em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco.

Durante a troca de tiros, o soldado André Silva foi atingido e morreu. O sargento Moacir Moreira da Silva ficou ferido e, segundo a PM, está em coma induzido no Hospital Geral do Agreste, em Caruaru.

Últimas notícias