AGRESTE

Suspeitos de assalto aos Correios em Bom Jardim são presos; veja vídeo da ação

Segundo a PF, a ação dos assaltantes durou cerca de dois minutos e contou com a participação de, pelo menos, quatro pessoas

JC Online
JC Online
Publicado em 05/08/2019 às 11:00
Notícia
Foto: Divulgação/PF
Segundo a PF, a ação dos assaltantes durou cerca de dois minutos e contou com a participação de, pelo menos, quatro pessoas - FOTO: Foto: Divulgação/PF
Leitura:

Três suspeitos de ter envolvimento em um assalto a uma agência dos Correios em Bom Jardim, no Agreste de Pernambuco, na quinta-feira (1º), foram presos pouco tempo depois da ação por policiais do 22º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Como o crime aconteceu contra uma agência dos Correios, o caso ficou sob responsabilidade da Polícia Federal (PF), que informou que a ação dos assaltantes durou cerca de dois minutos e contou com a participação de, pelo menos, quatro pessoas, das quais três estavam armadas com revólveres calibres 38.

No momento do assalto, um dos suspeitos rendeu o vigilante da agência e tomou sua arma. Enquanto isso, outro homem se dirigiu ao caixa apontando o revólver para os funcionários dos Correios. Do lado de fora, estavam outros dois suspeitos. Um dava cobertura aos comparsas, acompanhando a movimentação fora da agência e proibindo a entrada e saída de clientes no local. O outro estava em carro parado na frente do estabelecimento pronto para a fuga. Veja o vídeo da ação dos assaltantes:

Após a investida, os suspeitos conseguiram fugir, mas foram capturados por PMs, após a polícia receber informações que detalhavam a cor, o modelo e a placa do carro usado na fuga pelo grupo. Fabiano da Silva Nascimento, 26 anos, Jéssica Silva de Lima, 19, e Linday Chayane Alves, 22, foram presos no distrito de Barra da Onça, quando Fabiano trocava o pneu dianteiro do veículo.

De acordo com a PF, outros três suspeitos estavam dentro do carro, mas ao perceberem que o pneu do automóvel havia estourado fugiram pelo matagal e, apesar das buscas dos militares, não foram encontrados. Ainda de acordo com a PF, foi descoberta a participação de duas mulheres no assalto. Jéssia, que é companheira de um presidiário, havia cedido sua casa em Surubim, também no Agreste, para que os bandidos dormissem e ficassem hospedados um dia antes do assalto. A segunda suspeita, Linday, receberia R$ 400 para ser “olheira” do grupo e avisar quando a polícia passasse em perseguição ao bando após o assalto.

Os detidos foram levados para a Superintendência da PF no bairro do Recife Antigo, área central da cidade, e autuados em flagrante pelo crime de roubo com concussão de duas ou mais pessoas com emprego de arma de fogo. Caso sejam condenados, poderão pegar penas que variam de quatro a dez anos de prisão.

Em audiência de custódia, as duas mulheres foram liberadas e responderão ao crime em liberdade. Já o homem foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel).

Disque Denúncia

As buscas pelos outros suspeitos continuam. Qualquer informação que possa levar a captura e identificação deles pode ser feita através do Disque Denúncia, pelo número 3421-9595. As pessoas que colaborarem terão sua identificação, sigilo e anonimato preservados.

Últimas notícias