BOA AÇÃO

120 bebês com microcefalia recebem óculos gratuitos no Recife

60% das crianças com a má-formação necessitam do uso de óculos de grau, segundo a FAV

JC Online
JC Online
Publicado em 01/11/2016 às 16:55
Bobby Fabisak/JC Imagem
60% das crianças com a má-formação necessitam do uso de óculos de grau, segundo a FAV - FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Os desafios para as crianças que nasceram com microcefalia em Pernambuco vão além da má-formação congênita do cérebro. De acordo com a Fundação Altino Ventura (FAV), 60% das crianças com idade de seis meses a dois anos necessitam do uso de óculos de grau para minimizar os problemas relacionados à visão dos bebês portadores da doença. No Recife, até esta quinta-feira (3), 120 crianças irão receber óculos gratuitos para a 'reabilitação visual'.

A ação, que é uma iniciativa da Fundação Altino Ventura, tem como objetivo principal minimizar os problemas visuais dos bebês portadores de microcefalia e alertar para o cuidado com os olhos desde o nascimento, já que os problemas nessa fase podem afetar o desenvolvimento e, futuramente, o desempenho escolar. 

Ao todo, 200 crianças de famílias carentes da região passaram por exames oftalmológicos e todas aquelas que apresentaram algum tipo de distúrbio visual receberão as lentes corretivas doadas pelo Instituto Varilux da Visão, braço social da multinacional francesa Essilor.

O projeto é totalmente voltado para a população carente e teve início em dezembro de 2015, período em que houve um aumento inesperado de casos de bebês nascidos com má formação cerebral, supostamente causada pelo zika vírus. 

Serviço

A ação já foi iniciada nessa segunda-feira (31) e segue até a quinta-feira (3), na Fundação Altino Ventura, Av. Mauricio de Nassau, nº 2075, no bairro da Iputinga, Zona Oeste. As doações acontecem das 8h às 16h.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias