Finalizado

Kleber Mendonça Filho anuncia conclusão do filme Aquarius

O filme é considerado um dos mais aguardados do ano de 2016 pela renomada revista francesa de cinema 'Cahiers du Cinemá'

JC Online
JC Online
Publicado em 01/05/2016 às 9:56
Foto: Reprodução/ Facebook
O filme é considerado um dos mais aguardados do ano de 2016 pela renomada revista francesa de cinema 'Cahiers du Cinemá' - FOTO: Foto: Reprodução/ Facebook
Leitura:

Após ter informado que talvez a produção não ficasse pronta antes de 2017, o cineasta Kleber Mendonça Filho anunciou neste domingo (1º) em sua página do Facebook a conclusão do filme Aquarius. Na publicação, o escritor e diretor do longa estrelado por Sônia Braga e Irandhir Santos informou ainda que o filme terá sua estreia mundial na competição do Festival de Cannes, há menos de 20 dias.

“Os trabalhos de pós-produção de imagem e mixagem de som de Aquarius foram concluídos hoje. O filme terá sua estreia mundial na competição do Festival de Cannes, em menos de 20 dias. Estou muito feliz com a imagem e com o som desse filme. E feliz também com a troca incrível que um trabalho desse tipo permite, profissional e pessoalmente". O cineasta pernambucano também fez questão de agradecer a toda a sua equipe.

Ex-crítico de cinema do Jornal do Commercio, Kleber Mendonça Filho volta a Cannes, um festival que conhece bem por ter feito cobertura durante vários anos. E vem com o  respaldo do sucesso do seu longa de estreia O Som ao Redor, aclamado pelo público e pela crítica.

O filme foi gravado na cidade de Recife, no bairro de Boa Viagem e teve como principal locação o edifício Caiçara, construção do século 1930, demolido há quase um mês, após forte polêmica.

Na trama, a atriz Sônia Braga interpreta Clara, moradora do último prédio de estilo antigo da Av. Boa Viagem, Recife. Jornalista e escritora, viúva e mãe de três filhos adultos, ela irá enfrentar as investidas de uma construtora que quer ver o Aquarius demolido para dar lugar a um novo empreendimento. Dona do seu passado, presente e futuro, Clara irá encontrar nesse conflito uma energia nova e incomum na sua vida.

O longa é considerado um dos mais aguardados do ano de 2016 pela renomada revista francesa de cinema 'Cahiers du Cinemá'.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias