Controvérsia

Anitta divide opiniões de estrangeiros na abertura das Olimpíadas

Entrevistados pelo Portal UOL, os 'gringos' esperavam algo mais tradicional

JC Online
JC Online
Publicado em 05/08/2016 às 12:30
Foto: Divulgação
Entrevistados pelo Portal UOL, os 'gringos' esperavam algo mais tradicional - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Escolhida para ser a grande atração da cerimônia de abertura das Olimpíadas, Anitta pode "chocar" alguns estrangeiros mais acostumados a outros estilos da música brasileira. Europeus e norte-americanos, mais familiarizados com o samba e a bossa nova, surpreendem-se quando descobrem que Anitta é, hoje em dia, uma das mais populares cantoras do Brasil.

"É muito parecido com o que temos na Europa. Eu gosto, a mulher é muito bonita, dança bem. Mas não é o que esperava. Esperava uma coisa mais tradicional e isso não é tradicional", afirmou a alemã Teresa Muller, 26 anos, ao portal UOL.

O chileno Sergio Nuñes, 24 anos, sequer reconheceu as músicas de Anitta como um ritmo latino. A situação revela o distanciamento entre o que os gringos imaginam da música brasileira e aquilo que realmente toca nas rádios do país.

Como as Olimpíadas são no Rio de Janeiro, a inglesa Joey Tumbal, 20 anos, acreditava que a cerimônia de abertura teria uma cantora consagrada de samba, e a festa seria enfeitada com elementos de carnaval. "Se o país faz 'o maior espetáculo da terra', seria natural mostrar seus artistas mais genuínos na abertura do Rio 2016".

Anitta se apresenta na Cerimônia de Abertura das Olimpíadas Rio 2016 nesta sexta-feira (5), no Estádio do Maracanã. A cantora divide o palco com Gilberto Gil e Caetano Veloso. Este último, inclusive, atribuiu a ele a ideia de ter a cantora pop no evento, que será visto por todo o mundo, a partir das 20h, horário de Brasília.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias