Mistura

Padre Reginaldo Manzotti lança música com Alok e diz gostar de funk

Entretanto, o sacerdote questionou algumas letras do ritmo carioca

Robson
Robson
Publicado em 14/01/2020 às 20:08
Notícia
Foto: Instagram/@padremanzotti/Reprodução
Entretanto, o sacerdote questionou algumas letras do ritmo carioca - FOTO: Foto: Instagram/@padremanzotti/Reprodução
Leitura:

O padre paranaense Reginaldo Manzotti, de 50 anos, prepara um novo álbum para março intitulado É Tempo de Inovar. E o sacerdote cantor lançou nesta terça-feira (14) o segundo single do projeto, Vou Para o Alvo, gravado em parceria com o DJ Alok. Neste mesmo trabalho também estão previstas participações de Naiara Azevedo e Gustavo Mioto.

"Eu, particularmente, adoro música eletrônica e escuto Alok. É preciso se reinventar, atingir um público de todas as idades. Como é uma música animada, eu acredito que a aceitação será maior", disse Manzotti em entrevista ao Jornal Extra. Em projetos anteriores, o católico já gravou com Simone & Simaria e Michel Teló. Ele também sonha em gravar com Roberto Carlos um dia.

O padre também afirmou que os fiéis entendem suas parcerias com cantores seculares, ressaltando que se até Jesus não agradou a todos, com ele também não seria diferente.

"São participações que vieram para somar. É uma oportunidade para trazer a riqueza da voz desses cantores e atingir um público diferenciado daquele que está nas missas. O Papa Francisco tem sido minha inspiração em criar uma igreja que vai além, simples e acessível", esclarece Manzotti.

Na mesma entrevista, o padre declarou que sua playlist é composta de música eletrônica, sertanejo e rock, mas o cantor disse que anda aumentando o seu repertório e afirmou que tem ouvido as "músicas do momento".

"É claro que algumas não me agradam no conteúdo, mas há muita coisa boa", diz o Padre Reginaldo Manzotti sobre o funk, criticando algumas letras do gênero. "É muita popozuda para o meu gosto! Os termos são libidinosos, e isso não me ajuda. É muito explícito. Aí já não é para mim e não recomendo", concluiu.

VEJA O CLIPE DE VOU PARA O ALVO:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias