"Res Publicae"

Operação mira suspeitos de sonegação, peculato e lavagem de dinheiro

A ação conta com a atuação de 70 policiais, entre delegados, agentes e escrivães

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 04/07/2019 às 8:39
Foto: JC Imagem/Arquivo
A ação conta com a atuação de 70 policiais, entre delegados, agentes e escrivães - FOTO: Foto: JC Imagem/Arquivo
Leitura:

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (4) a 57ª Operação de Repressão Qualificada de 2019. Denominada "Res Publicae", a ação, ligada à Diretoria Integrada do Interior 2 (Dinter 2), conta com a atuação de 70 policiais, entre delegados, agentes e escrivães.

As investigações que deram início à "Res Publicae" começaram em 2017 buscando desarticular uma organização criminosa responsável pelos crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, peculato e associação criminosa.

Durante a operação, seis mandados de prisão e dez de busca e apreensão domiciliar, expedidos pela Vara Única da Comarca de de Sertânia, no Sertão do Estado, estão sendo cumpridos.

Detalhes

Os detalhes da "Res Publicae" serão divulgados na manhã desta quinta-feira (4), às 10h, no prédio da 20ª Delegacia Seccional, em Afogados da Ingazeira, também no Sertão.

Últimas notícias