AVIAÇÃO

Aeroporto do Recife ganha novos voos para Buenos Aires e Montevidéu, mas perde os de Rosário e Córdoba

Malha aérea de Pernambuco começa 2020 com mudanças

Mona Lisa Dourado
Mona Lisa Dourado
Publicado em 06/01/2020 às 21:23
Notícia
Foto: Acervo/JC Imagem
Malha aérea de Pernambuco começa 2020 com mudanças - Foto: Acervo/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 22h21 do dia 13 de janeiro de 2020

A malha aérea de Pernambuco começa 2020 com mudanças. A partir de 21 de fevereiro, a Azul Linhas Aéreas passará a operar quatro frequências semanais diretas do Recife para Buenos Aires, às segundas, quartas, sextas e domingos. Em 4 de julho, é a vez da estreia de um voo semanal para Montevidéu, aos sábados. A novidade vem acompanhada de um ajuste nas operações da companhia, que descontinuará os voos para Córdoba e Rosário, na Argentina.

Com isso, cai de 12 para 10 o número de destinos com ligação direta a partir do Aeroporto do Recife. Gol e Latam já voam atualmente para Buenos Aires, cada uma com uma frequência semanal. A Gol também já opera para Montevidéu.

As novas conexões serão feitas, segundo a Azul, em aeronaves modelo Airbus A320neo, com capacidade para até 174 clientes. As passagens para Recife-Buenos Aires-Recife começaram a ser vendidas no último dia 13 de janeiro a partir de R$ 1.345.

O anúncio foi feito pela Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur) na segunda (6) e confirmado pela Azul nesta terça (7). A Azul ainda não detalha, no entanto, as razões dos ajustes na malha.

Atualmente, a Argentina é o principal emissor de turistas para o Estado, principalmente para o balneário de Porto de Galinhas, onde responde por 70% dos visitantes estrangeiros. Outro grupo que cresce rapidamente é o de uruguaios. Somente em 2019, segundo a Seturel, a alta foi de 44%. O Uruguai ocupa hoje o terceiro lugar na emissão de turistas para Pernambuco, atrás de Portugal.

Leia Também

Além dos destinos sul-americanos, a Azul opera voos diretos a partir do Recife para Fort Lauderdale e Orlando, ambas nos Estados Unidos.

Voos domésticos 

Já para outras cidades brasileiras, o Recife tem 30 ligações diretas através do hub da Azul. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, durante a alta temporada – desde 20 de dezembro de 2019 até 2 de fevereiro de 2020 – haverá 962 voos extras a partir da capital pernambucana, entre chegadas e partidas. São cerca de 21 voos diários a mais (chegadas + partidas) que a média de 124 registrada em outubro.

Confira a lista de destinos para onde a Azul terá voos extras na alta temporada a partir do hub do Aeroporto do Recife:

Brasília-Recife

Cuiabá-Recife

Belo Horizonte-Recife

Guarulhos-Recife

Recife-Aracaju

Recife-Belém

Recife-Campina Grande

Recife-Noronha

Recife-Fortaleza

Recife-Galeão

Recife-Imperatriz

Recife-Juazeiro do Norte

Recife-João Pessoa

Recife-Manaus

Recife-Maceió

Recife-Natal

Recife-Paulo Afonso

Recife-Palmas

Recife-Petrolina

Recife-Teresina

Salvador-Recife

Campinas-Petrolina

Campinas-Recife

Voos internacionais a partir do Recife

Além de voos para a Argentina e Uruguai, o Recife conta com ligações diretas para as seguintes cidades:

Cidade do Panamá (Panamá)

Cidade de Praia e Ilha do Sal (Cabo Verde)

Santiago (Chile)

Orlando, Miami e Fort Lauderdale (Estados Unidos)

Lisboa (Portugal)

Madrid (Espanha)

Localizada em uma dos pontos mais estratégicos do País, pela proximidade com a Europa e a África, a capital pernambucana concentra o maior fluxo de pousos e decolagens do Nordeste e o oitavo do País. Somando os voos comerciais regulares, os de jatos privados e os militares, a cidade registrou 92.577 operações em 2018.

Confira abaixo todo o conteúdo do especial 'Soluções Urbanas - Turismo'

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias